Fábio admite que premia empresa por prestar péssimos serviços

2
Empresa que opera com ônibus sucateado, presta serviço de péssima qualidade ganha isenção fiscal. Nove vereadores da base do prefeito votaram favorável. Foto: reprodução/reprodução

Na vida a regra é clara: se seu serviço é prestado com zelo, você ganha mais. Mas, no Governo do prefeito Fábio Martins Junqueira (PMDB), o que acontece é exatamente o oposto: empresa que presta serviço ruim recebe prêmio. No caso, o prêmio é a isenção de Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN).

O curioso é que na justificativa do projeto o próprio Junqueira reconhece que “O Município de Tangará da Serra tem passado por diversas dificuldades no que diz respeito ao transporte público coletivo de passageiros”. Noutro trecho, o prefeito afirma categoricamente que em Tangará o serviço de transporte coletivo tem sido prestado de forma precária.

Depois de reconhecer isso, pasmem senhores, Fábio propõe que os vereadores aprovem a isenção de impostos. Claro que uma aprovação de benefícios para empresa que reconhecidamente presta serviço ruim não passaria sem muita articulação política.

Junqueira colocou sua base de sustentação na Câmara para defender a isenção de impostos para a empresa concessionária do transporte público. Como argumento, disse que o projeto “atende uma requisição do Ministério Público”. O prefeito tem cinco vereadores em sua base (quatro do PMDB e um do PP) e conseguiu, com esse argumento, convencer outros quatro. O resultado é que a isenção de impostos foi aprovada com nove votos a favor e quatro contra.

O QUE SERÁ QUE ESTÁ POR TRÁS DISSO?

Perguntar não ofende, então lá vamos nós: O quê será que está por trás desse projeto? Isenção de Impostos já vimos para empresas que vão se instalar na cidade, ou para empresas que estão crescendo, gerando emprego e renda. Mas isenção para empresa que reconhecidamente é campeã de reclamações da população? Esta é a primeira vez.

QUEREMOS MAIS!

Não sou contra isenção de impostos, muito pelo contrário. Mas sou contra a ISENÇÃO SELETIVA DE IMPOSTOS. Se o prefeito quer isentar o transporte de pagar ISSQN, então que o faça para outros setores. QUEREMOS ISENÇÃO PARA: TAXISTAS, MOTOTAXISTAS, VANS ESCOLARES E EMPRESAS DE TURISMO. Se o argumento é que a isenção “irá contribuir para a melhoria do Transporte Público Coletivo, atendendo assim, os anseios da população usuária deste serviço”, então que melhore todos estes serviços e não apenas o de uma única empresa.

Curta nossa página no Facebook

2 COMENTÁRIOS

  1. Foi feito uma intervenção ano no passado onde a superintendência de trânsito assumiu a empresa por uns dias. Fato é que tentou fazer licitações mas não teve empresas interessadas pois nao da lucro, a empresa no mínimo pediu a isenção para não fechar e a bomba iria recair sobre a administração que deixaria a cidafe sem transporte dimples assim

COMENTAR

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui