Energisa supera telefonia móvel e lidera ranking de reclamações em setembro

0
Foto: reprodução / internet

De acordo com o Procon Estadual, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), a Energisa liderou o ranking de reclamação no estado.

O Procon contabiliza apenas as reclamações feitas por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec).

Os dados, portanto, não refletem a verdade. A grande maioria dos consumidores, por razões obvias, deixa de registrar suas reclamações.

Nas cidades de grande porte, como Tangará da Serra, o atendimento da Energisa ao consumidor é até razoável. Já na zona rural a situação é outra. Moradores dos Assentamentos Antonio Conselheiro, Rio Branco, entre outros, sentem na pele o drama da constante queda de energia.

Na zona rural de Nova Olímpia, Barra do Bugres e Tangará da Serra produtores não cansam de contabilizar prejuízos. Na região de Nova Fernandópolis é um particular que se encarrega de “bater chave” quando ocorre queda no sistema. Poda de arvores, roçada e manutenção da rede também ocorrem por conta dos proprietários rurais. Até mesmo a leitura mensal do relógio é feita pelos moradores e repassada via telefone para a Energisa.

A Energisa é, portanto, uma empresa relapsa que não respeita seus clientes. O título de campeã em reclamação é merecido.

COMENTAR

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui