Deputado Allan Kardec se manifesta em defesa da UFMT e denuncia sucateamento da instituição

0
Deputado Allan Kardec denuncia sucateamento da UFMT e cobra providencias do governo federal

Com Assessoria de Imprensa

Em parceria com diversas entidades, o professor e deputado Allan Kardec (PT) realiza na terça-feira da semana que vem, dia 12, ato em defesa da universidade pública, gratuita e de qualidade. O evento ocorre na Assembleia Legislativa a partir das 9h30.

De acordo com Allan, o ato se deve à política de precarização das universidades públicas implementada pelo Governo Federal, além do interesse em repassar as federais às organizações sociais.

“Essa precarização e a administração pelas organizações sociais representam, na prática, a privatização das universidades públicas e nós somos totalmente contra isso. Portanto, convidamos estudantes, professores, secundaristas e toda a comunidade para participar desse ato em defesa das universidades públicas, gratuitas e de qualidade”, afirma Allan.

O evento começou a ser organizado pelo deputado Allan e o comando local de greve do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos (Sintuf) da Universidade Federal de Mato Grosso (FMT). “Diversas entidades, no entanto, também serão convidadas para o ato”, afirma Luzia Melo, que participou do encontro juntamente com Benedito Ferraz. “Como professor da rede estadual, aluno de Educação Física, Mestre e agora cursando o Doutorado na UFMT, devo tudo o que sou à esta universidade pública.

Temos que defender esse que é um dos maiores patrimônios de Mato Grosso e do Brasil”, completa Allan.

A política de precarização das universidades tem se dado principalmente através de aumento das terceirizações inclusive na atividade fim, redução de concursos, salários e benefícios, além do interesse em repassar a administração das instituições às organizações sociais sob pretexto de dar mais autonomia financeira. Isso abre caminho para a cobrança de mensalidades.

COMENTAR

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui