Rogério prevê ano de retomada e defende atenção às oportunidades

1
Vereador mantém gabinete aberto em 2018 e destaca boas possibilidades para demandas importantes.

Sergio Roberto – Assessoria Especial 

O vereador Rogério Silva (MDB) está otimista em relação a 2018 e vê o novo ano como de retomada do crescimento econômico na região e em todo o país. Por esta razão, o parlamentar defende que o poder público e seus agentes trabalhem alinhados e com visão de futuro.

Rogério disse que já agora, em janeiro, seu gabinete está aberto para receber o cidadão e que já organiza uma agenda de visitação em toda área urbana e também em localidades do interior. “Temos uma visão macro das demandas do município, mas é preciso a verificação ‘in loco’. Há demandas que vão da saúde à educação, da infraestrutura urbana à logística de transporte, da habitação popular à geração de empregos”, pontuou, acrescentando que “a participação da população, que vive a realidade do dia-a-dia, é fundamental no apontamento das suas necessidades”.

O emedebista observa que as demandas devem pautar a atuação do poder público, tanto na esfera do Legislativo como no âmbito do Executivo. “É claro que as demandas sempre devem servir de pauta, mas é preciso prestar atenção nos acontecimentos previstos para este ano”, disse, citando recursos que o município irá receber da União, especialmente de emendas parlamentares e, obras previstas. “Antes do período eleitoral, Tangará da Serra receberá recursos que poderão passar dos R$ 24 milhões somente para a saúde, e R$ 7,5 milhões para iluminação pública e infraestrutura urbana”, apontou, mencionando, também, obras importantes como a pavimentação da MT-339, os investimentos no aeroporto municipal e a retomada do Centro de Eventos.

Estas obras e recursos previstos para 2018, segundo Rogério, oportunizarão ao município assistir a um salto de qualidade na saúde pública e a impulsos no desenvolvimento. “Veremos reflexos na geração de empregos e renda. Então, a cobrança e a fiscalização destes processos cabem ao poder público na esfera Legislativa, ao passo que a organização orçamentária e a execução precisam ser bem planejadas pela administração. Ou seja, o poder público, como um todo, precisa estar afinado para garantir um bom ano”, concluiu.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui