Tangará da Serra deve ganhar 50 novos leitos hospitalares; 105 servidores serão contratados, afirma Junqueira

0
Prefeito Fábio Martins Junqueira (PMDB) fala sobre a necessidade ampliar os serviços de saúde para melhor atender a população (Foto: reprodução/Internet)

O prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira (PMDB), em entrevista concedida à Bronca Popular, afirma que o município tem uma situação que precisa ser trabalhada, na sua relação com os servidores públicos. “Não tem como jogar para debaixo do tapete os problemas relacionados a questão de despesa com pessoal”, disse.

De acordo com Junqueira, o município tem mais de 100 mil habitantes e um déficit de servidores públicos para atender a contento os serviços públicos municipais. O gestor reconhece que ainda faltam vagas na educação e pontua que para aumentar as vagas na educação é preciso aumentar despesas com pessoal.

“Precisamos contratar mais professores, ADIs e outros técnicos para ampliar a oferta de vagas, principalmente na educação infantil”, afirma o prefeito.

O calcanhar de Aquiles ou ponto nevrálgico das administrações municipais diz respeito a baixa qualidade do serviço de atendimento médico hospitalar ofertado a população.

Junqueira assegura que, para atender a saúde, média e alta complexidade, precisa implantar mais 50 leitos hospitalares, que estão construídos e comprados os equipamentos, mas que para pôr em funcionamento, será necessário contratar 105 trabalhadores, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos, o que debanda despesa de pessoal.

“Ocorre que o município vive na linha limítrofe da Lei de Responsabilidade Fiscal, ou seja, o limite de alerta que é de 48,6%, nós já fomos admoestados pelo Tribunal de Contas, desde o mês de março de 2017, que havíamos excedido o limite de alerta e atingido o limite prudencial”, finaliza.

COMENTAR

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui