Terça-feira, 18 de Junho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 10 de Abril de 2020, 18:03 - A | A

10 de Abril de 2020, 18h:03 - A | A

POLÍTICA / PRESSÃO POPULAR

Bombardeado nas redes sociais e criticado por empresários, Junqueira já fala em reabertura do comércio

EDÉSIO ADORNO
Tangará da Serra



O prefeito de Tangará da Serra, Fábio Junqueira (MDB), anunciou em suas redes sociais que convocou os membros do Comitê de combate ao Coronavírus para uma reunião na próxima segunda-feira (13/04), para (ele) apresentar uma “proposta de flexibilização de medidas e suspensão de atividades comerciais de atacado, varejo e de serviços para ser executada a partir de terça feira”.  

O tópico acima define e delimita o objeto do comunicado de Junqueira, o resto é conversa fiada, devaneio, elucubração inócua e falseio da verdade. Fábio adora um sofisma rastaquera e sempre que pode abusa da mistificação para encantar e seduzir ingênuos e desavisados.  

Ora, carambolas, se o ‘bom gestor’ já tem uma proposta para apresentar a ele próprio no Comitê que ele mesmo comanda, porque cargas d’água haveria de fazer “contato prévio (como se posse possível a posteriori) com ‘especialistas’ e com gestores públicos municipais de outras cidades de Mato Grosso e de outros Estados para troca de informações e experiências para formação da convicção dos membros do Comitê e nossa (dele)”?  

Todos os membros do Comitê de Combate ao Coronavírus foram indicados pelo prefeito pela obvia obediência que devotam ... ao prefeito. Fabio tem ascendência hierárquica e espiritual sobre todos eles. Logo, o dito comitê se resume na plenipotenciária pessoa de Junqueira. Lá a palavra do ‘bom gestor’ não é apenas uma palavra, tem força de lei.    

O comunicado de Fábio é mais furado que queijo suíço. Não haverá consulta a especialistas e a outros gestores coisa nenhuma. Também não haverá debate algum no chamado Comitê do Coronavírus. Naquilo que deveria ser um fórum ampliado de discussão sobre a possível disseminação do vírus em Tangará da Serra apenas Junqueira fala e decide.

Agora, acossado pela opinião pública, bombardeado nas redes sociais e pressionado pelos comerciantes, que cobram o direito de poder reabrir suas empresas e trabalhar, Junqueira já formatou em seu cérebro uma alternativa para tentar mitigar a situação estendê-la por mais tempo.  

Fábio escreveu em suas mídias sociais que sua proposta “é que a flexibilização ocorra de forma gradual, com menor tempo de horário de funcionamento diário, mas com amplitude para todo o comércio, exceto aqueles contraindicados pela área médica e epidemiológica”.  

“É certo que devemos manter as barreiras sanitárias, o toque de recolher e as medidas relacionadas a máscaras, luvas, uso de álcool gel e outras medidas sanitárias”, destacou o ‘bom gestor’ em outro trecho de seu post.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT