Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

BISTURI Sábado, 19 de Setembro de 2020, 12:02 - A | A

Sábado, 19 de Setembro de 2020, 12h:02 - A | A

ARIPUANÃ

Condenação de Faitta por improbidade teve como base denúncia de vereadores; saiba quem são eles!

Um adágio popular diz que pimenta nos olhos do adversário é refresco. E parece ser mesmo. O prefeito cassado Jonas Canarinho (PSL) não aceita a condenação que sofreu do legislativo municipal. Ele choraminga pelos quatro cantos da cidade e se diz vítima de perseguição política por parte dos vereadores, que cassaram seu mandato sem motivo.  

Canarinho só esquece de um detalhe: quando vereador, ele e o também vereador Manoel Teixeira denunciaram o ex-prefeito Ednilson Faitta junto ao MPE, no caso da desapropriação de uma área de cascalheira de propriedade de seu próprio pai.  

Jonas c.jpg

 

Além de condenado por improbidade, de ter que pagar multa, de não poder contratar com o poder público, se a condenação for mantida, Faitta terá que desembolsar mais de R$ 1 milhão, em valores atualizados, para reparar supostos danos causados ao patrimônio público.

Nas redes sociais, fervem comentários de que a condenação de Faitta por improbidade seria coisa política de adversários. E é verdade! Trata-se de coisa, aliás, do resultado de denúncia de Jonas Canarinho e de Teixeira. Canarinho parece ter pago com a mesma moeda: também foi cassado com base em denúncia apresentada por vereadores.  

Ironia do destino ou lei do retorno? Vai saber!  

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT