Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

BISTURI Sábado, 08 de Fevereiro de 2020, 00:56 - A | A

Sábado, 08 de Fevereiro de 2020, 00h:56 - A | A

Fux não é prosa; é foda mesmo!

STF: uma vergonha ou a ausência dela?

A Bronca Popular/Reprodução

Toffolli.jpg

 

O Supremo Tribunal Federal (STF), que é a casa de Mendes, de Toffoli, de Lewandowski, de Carminha, de Marco Aurélio e de Alexandre de Moraes, entre outros togados, a partir do próximo mês de setembro será administrada pelo topetudo Luiz Fux. Se a coisa por lá já era um espanto, não se assuste se aquele suntuoso palacete for convertido em algo bem pior e mais assombroso.

Fux não é prosa; ele é foda mesmo!  

A casa que deveria guardar a Carta tem um orçamento de quase R$ 1 bilhão para torrar a cada ano com os onze inquilinos ilustres. A turma que habita a casa que é uma corte não tem do que reclamar. Vive na opulência, no luxo e pode esbaldar e refestelar a vontade.  A Pátria é rica, admite custear os caprichos da casta superior. 

O contribuinte paga a conta e ainda acata as decisões que de lá rolam ladeira abaixo. Eles mandam e nós obedecemos. O STF só não é uma vergonha porque é a ausência dela, que envergonha 210 milhões de súditos pagantes da esbórnia, do luxo e da safadeza própria das cortes de países do terceiro mundo ou de mundo onde os imundos deitam e rolam.

Dias Toffoli é um inquilino especial da casa dos togados. Ele tem lá suas idiossincrasias, mas é um cara do bem, que sempre faz bem a quem o quer bem. Abrir as portas do senado para um indigitado cidadão de Mato Grosso foi a penas um gesto de gratidão a um velho amigo, advogado e companheiro de luta pela implantação do lulopetismo no Brasil.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT