Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 25 de Agosto de 2020, 07:42 - A | A

25 de Agosto de 2020, 07h:42 - A | A

POLÍTICA / IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

ROMBO SUPERIOR A R$ 500 MIL: TCE aponta danos ao erário por corrupção na Prefeitura de Torixoréu

Da Redação
Assessoria de Imprensa/TCE-MT



O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) julgou irregular, em sessão plenária remota do dia 18, as contas analisadas em Tomada de Contas Ordinária instaurada para apurar e identificar os responsáveis por irregularidades na Prefeitura de Torixoréu, no exercício de 2015 e 2016. A Tomada de Contas foi determinada em uma representação de natureza externa julgada procedente pela Corte de Contas.  

No julgamento, o conselheiro João Batista Camargo demonstrou que a Tomada de Contas realizada pelo TCE-MT identificou a existência de dano no valor de R$ 16,7 mil, referente à despesa em duplicidade com serviços de assessoria e consultoria, e no valor de R$ 458,1 mil em razão de superfaturamento decorrente de pagamentos por serviços não executados no âmbito do contrato nº 11/2014.

O relator apontou também a ocorrência de dano no valor de R$ 3,3 mil referente ao pagamento de uma Betoneira M400 não registrada nem encontrada no patrimônio da prefeitura, bem como o prejuízo de R$ 4,5 mil teoricamente pago na compra de 22 carrinhos de mão não registrados, nem localizados no patrimônio municipal. Em seu voto, aprovado por unanimidade, o conselheiro determinou o ressarcimento ao erário e aplicação de multa tanto às empresas quanto às pessoas identificadas como envolvidas no processo.

Da redação: nessa lambança estão envolvidos a prefeita Inês Coelho, seu esposo, o ex-prefeito e atual secretário de administração, Odoni Mesquista, além do vice-prefeito Ademilson Pereira de Queiróz, que seria dono da empresa que teria simulado entrega de carrinhos de mão, entre outros produtos adquiridos pela prefeitura. 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT