Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 23 de Junho de 2020, 12:19 - A | A

23 de Junho de 2020, 12h:19 - A | A

POLÍTICA / TANGARÁ DA SERRA

Servidores do Hospital Clínica da Criança pedem apoio de vereador para viabilizar EPIs

Da Redação



O Hospital Clinica da Criança foi alugado pela prefeitura para atender os casos de rotina, não relacionados com a covid-19. Os profissionais que lá trabalham, no entanto, convivem de perto com a doença. É alto o número de infectados pelo vírus na unidade de saúde. O prédio nunca foi sanitizado.  “Estamos trabalhando sem a proteção necessária. Faltam máscaras, avental, luva, óculos, avental e gorro em quantidade suficiente para atender a todos os profissionais”, informa um servidor, sob a condição de anonimato por temer represálias.  

“Diversos colegas já foram atingidos pela covid-19. Quando isso acontece, temos a penas sete dias de atestado médico, quando o mínimo deveria ser de 10 dias. Quem sai de atestado, retorna ao trabalho sem fazer novo exame para ter certeza de que foram curados”, denunciou outro trabalhador da unidade de saúde por meio de mensagem de Whatsapp.  

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, Wilson Verta, informou ao site que recebeu inúmeras reclamações de servidores do HCC.  

“Na próxima sessão da Câmara, vamos apresentar as queixas desses trabalhadores e cobrar providências da Secretaria de Saúde. Creio que a gestão terá sensibilidade para atender a demanda desses servidores, que são imprescindíveis a saúde da população”, disse ele.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT