Domingo, 14 de Julho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 04 de Março de 2021, 10:41 - A | A

04 de Março de 2021, 10h:41 - A | A

POLÍTICA / TANGARÁ DA SERRA

Deputado defende medidas anticovid-19 sem comprometer a sobrevivência da atividade econômica

Edésio Adorno
Tangará da Serra



O médico e deputado estadual Dr João Matos (MDB) endossa parcialmente o decreto do governador Mauro Mendes (DEM) que estabeleceu medidas mais rigorosas e restritivas de enfrentamento a pandemia causada pelo novo coronavírus.  

O parlamentar entende, no entanto, que o documento precisa ser adaptado a realidade social e econômica de cada município para evitar transtornos, desemprego e a falência de estabelecimentos comerciais, que contribuem sobremaneira com o desenvolvimento da cidade.  

“O agronegócio tem peso expressivo na economia de Tangará da Serra, mas a solidez de sua base econômica depende essencialmente do comércio e da prestação de serviços. Esses setores estão sendo impactados desde o início da pandemia, sacrificar ainda mais os empreendedores que atuam nas áreas de lanchonete, bares, restaurantes, setor varejista de alimentos é um grande erro”, afirmou Matos.  

O deputado já entrou em contato com o secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, para propor que o Governo do Estado altere o decreto de restrição a covid-19 de modo a permitir que cada prefeito possa adaptar o documento a realidade de seu município.  

“Mato Grosso tem 141 municípios, cada um com uma realidade diferente do outro. Tratar os desiguais de forma igualitária é injusto. Defendo que cada prefeitura possa fazer as mudanças necessárias sem desvirtuar o objetivo do decreto, que é o de dificultar a circulação do vírus”, observou

INFORME PUBLICITÁRIO ALMT:

 

O decreto do Governo de MT gerou animosidade em Tangará da Serra, deixou a população preocupada e causou insatisfação generalizada entre empresários de praticamente todos os setores da economia local.  

Em busca de alternativas para minimizar os efeitos do decreto de Mendes, representantes da prefeitura de Tangará da Serra, da Câmara de Vereadores e dirigentes de entidades como CDL, Acits e OAB,  participam, neste momento, de ato de elaboração de um documento com pedido à Assembleia Legislativa para que interceda junto ao governo do estado e promova mudanças urgentes no decreto estadual, que estabeleceu medidas mais restritivas de combate a covid-19  

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, trata-se de uma força-tarefa municipal em defesa da atividade econômica.

“Estou plenamente de acordo, estamos juntos, vamos acompanhar de perto e nos empenhar ao máximo para que haja mudança no decreto do Governo de MT. Não vamos deixar sacrificar empregos, fechar empresas e comprometer a base econômica do município”, se comprometeu o deputado Dr João Matos, que é empresário da saúde e morador de Tangará da Serra.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT