Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2021, 14:16 - A | A

29 de Janeiro de 2021, 14h:16 - A | A

POLÍTICA / PEGO NA MENTIRA

Desinformado, deputado ‘catapora’ confunde 2ª dose com desvio e espalha fake news sobre vacina covid-19

Edésio Adorno
Tangará da Serra



O deputado Ulysses Moraes (PSL) não aprende nada nem com os próprios erros. O tempo passa e ele segue o mesmo aficionado por holofotes, fake news e inverdades.  

Não sem motivo, o discípulo do deputado Kim Kataguiri e antigo militante fervoroso do MBL, volta e meia sofre invertidas nas redes sociais. Ainda assim o ‘Catapora’ não se emenda. Afinal, para gente como Moraes, besteira pouca é bobagem. Já que está com o traseiro sujo, um pum a mais não haverá de fazer diferença alguma.  

Na manhã desta sexta, o adepto das fake news produziu mais uma ... fake news. Não poderia ser diferente. Mentir e tentar se engrandecer em cima da mentira já faz parte de sua índole.

Em suas mídias sociais, o buliçoso deputado “Catapora” sextou com mais uma mentira grotesca:    

“Mais de 30 mil doses não constam nos documentos da secretaria de estado de saúde de mt. onde estão essas doses da vacina?  Tivemos acesso aos documentos oficiais da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso e detectamos falhas. Isso mesmo são mais de 30 mil doses da vacina contra a Covid-19 que não constam nesses documentos. Onde estão essas doses? Cadê a transparência, governador? Isso é inadmissível. Queremos explicações sobre isso”.  

Em tom histérico, ao estilo fogo no parquinho, Moraes pediu explicações ao governo do estado. E a resposta veio na lata.  

“O Governo repudia a atitude do deputado Ulysses Moraes, que com declaração leviana tumultua, causa alarmismo e dissemina mentiras, provocando um desserviço à população. É lamentável que neste momento em que estamos lutando para salvar vidas, temos que gastar tempo para desmentir Fake News”,

reagiu a Secretaria Estadual de Saúde (SES), por meio de nota à imprensa.  

No comunicado, a SES adiantou que Ulysses está desinformado e esclareceu que não há qualquer falha na distribuição das doses das vacinas em Mato Grosso para os municípios. “As 31 mil doses de vacina que o deputado afirma não saber aonde estão, são referentes a segunda dose da vacina Coronavac destinada aos profissionais da saúde”, acrescentou a nota oficial.    

A SES-MT garante que as doses estão sob a guarda da pasta para serem encaminhadas aos municípios, após o término da primeira fase, como amplamente divulgado. Além disso, lembra que, de acordo com o pactuado pelo Governo do Estado junto ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems) e à Comissão Intergestora Bipartite (CIB), para assegurar o quantitativo da segunda dose  (Com conteúdo do Rdnews)

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT