Segunda-feira, 24 de Junho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 01 de Julho de 2020, 08:47 - A | A

01 de Julho de 2020, 08h:47 - A | A

POLÍTICA / TANGARÁ DA SERRA

Junqueira corta direitos de profissionais da saúde e humilha enfermeiros e de técnicos de enfermagem

EDÉSIO ADORNO
Tangará da Serra



Enquanto marajás comissionados da prefeitura levam uma vida de opulência sem expor a risco algum, enfermeiros da UPA e técnicos de enfermagem da Clínica da Criança, que estão expostos diariamente aos riscos da profissão, agravados com a pandemia do coronavírus, são tratados com frieza, indiferença e certa dose de crueldade.  

Esses profissionais, de importância singular para a sociedade e ainda mais nesse dramático momento de enfrentamento a pandemia do novo coronavírus, foram pegos de surpresa pela decisão tresloucada do prefeito Fábio Martins Junqueira, que sem nenhuma razão plausível, decidiu passar o facão em direitos legalmente conquistados pelas categorias.  

“Sem discutir conosco, o prefeito simplesmente retirou nosso direito a insalubridade, além de cortar outros benefícios”, denuncia um técnico de enfermagem. “Estamos nos sentindo humilhados pelo prefeito. Não é hora de cortar direitos de trabalhadores que estão em ambiente de risco, na linha de frente de combate ao coronavírus”.  

Cortar direitos de servidores da saúde para fazer economia é um discurso desumano. O prefeito pode e deve reduzir gastos com a eliminação cargos criados para cabos eleitorais. Pode extinguir secretarias improdutivas e cortar despesas supérfluas, o que não se admite é passar a tesoura em direitos de quem está na frente da luta contra o coronavírus.  

Preto 2.jpeg

 

Em protesto contra a decisão arbitraria de Junqueira, técnicos de enfermagem e enfermeiros não paralisaram suas atividades. Foram de trabalhar vestidos de preto para denunciar a crueldade do prefeito e de seu amórfico secretário de Saúde, Sérgio Schefer.

Apoio parlamentar 

O vereador Claudinho Frare já se antecipou em declarar apoio a luta em defesa da manutenção dos direitos dos profissionais da saúde. “Os enfermeiros e técnicos de enfermagem tem nosso mais absoluto apoio. A causa desses profissionais da saúde é justa e terá o nosso apoio sempre. O prefeito precisa rever sua decisão”, argumento Frare.

Atualização: a revolta de enfermeiros e tecnicos de enfermagem não se resume ao corte de insalubridade. Na verdade, todos os servidores do municipio que estão de atestado médico, que tiveram que se afastar de suas atividades laborais por motivo de doença, se submeteram a pericia do SerraPrev e até agora não receberam seus salários. A situação desses trabalhadores é preocupante. Sem salário, não podem pagar contas e nem abastecer a geladeira.  A pergunta que todos fazem é o que o prefeito estaria fazendo com o dinheiro do SerraPrev, que é fruto da contribuição compulsoria dos servidores do municipio? Todos exigem uma resposta e, claro, o pagamento de seus salários.

Comente esta notícia

Antonio Wagner Oliveira 01/07/2020

Parabéns pela matéria meu amigo Edésio. Isso precisa ser exposto mesmo. O Prefeito Fábio as vezes toma umas decisões sem maiores reflexões e que tem potencial para causar danos imensos aos servidores. Talvez precise de melhores conselheiros políticos e jurídicos. O pres do Sind dos Servidores, Eduardo, nosso amigo tbm, vai dar conta do recado e vai brigar pra evitar esse prejuízo. Boa sorte a vcs...contem conosco tbm

positivo
0
negativo
0

Zelia moraes 01/07/2020

Que absurdo!!! Indignada !!! Decisão erradíssima!!! Ele tinha que aumentar os salários dos servidores da saúde e não diminuir; principalmente por este momento em que os servidores estão colocando suas vidas em risco em prol de outros( mais chance de serem contaminados) . Conheço Tangará da Serra há mais de 50 Anos e tenho acompanhado a história deste povo; me desculpe sr Prefeito Fábio Junqueira, que foi Eleito pelo povo e pra servir o povo, pelo menos era isso suas promessas eleitorais; sua administração nesta prefeitura está sendo a Pior, ou seja, o pior prefeito que Tangará da Serra já teve. Por favor reveja suas decisões, de aumento aos servidores ao invés de diminuir. Só pra lembrar ; Não sou servidora pública, mas infelizmente tenho amigos que são.

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT