Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 19 de Abril de 2021, 11:54 - A | A

19 de Abril de 2021, 11h:54 - A | A

POLÍTICA / INCOERÊNCIA

Prefeito de Torixoréu promove aglomeração eleitoreira para inaugurar reforma de rodoviária

Edésio Adorno
Cuiabá



Oito anos depois de iniciada, de escândalos envolvendo a execução da obra e de denúncias de supostos desvios, finalmente foi inaugura com pompa, glória e discursos, no último sábado, a reforma da estação rodoviária de Torixoréu.

torixoréu aglomera.jpg

 

Ninguém questiona a importância do terminal rodoviário para a cidade e região.

Passageiros, comerciantes que lá trabalham e funcionários das empresas de transporte merecem um espaço digno e confortável.

A questão aqui levantada é outra e diz respeito a saúde pública.

O município de Torixoréu foi classificado como de alto risco para contaminação pela covid-19.

AGLOMERA TORI.jpg

 

No dia 06 de abril, o prefeito interino Thiago Timo Oliveira baixou o Decreto Nº 027/2021 para impor duras restrições ao funcionamento do comércio e barrar eventos que causem aglomeração. A eleição para escolha de um novo prefeito, que estava agendada para o dia 11 de abril foi adida pelo TRE-MT, que atendeu pleito da Associação Mato-grossense dos Munícipios (AMM) e do próprio Thiago, que temiam o descontrole da covid-19 na cidade.

Durante esse período de restrição, comerciantes amargaram prejuízos, atolaram em dívidas e tiveram que demitir funcionários. A ordem era evitar aglomeração. Barreiras foram colocadas na entrada da cidade. Tudo sob o pretexto de combater a covid-19 e manter a população incólume a doença.

AGLOMERA TORI 1.jpg

 

Estranhamente e de forma absolutamente divorciada da coerência, o prefeito Thiago convidou o presidente da ALMT, deputado Max Russi (PSB), entre outras autoridades e promoveu uma baita aglomeração para realizar a inauguração da reforma da rodoviária.

Ora, se pode aglomerar para inaugurar uma obra, então já é possível realizar a eleição para eleger o novo prefeito de Torixoréu.

Thiago Timo deve acionar a AMM e juntos encaminhar requerimento ao TRE-MT para que defina com brevidade a data para realização do pleito. Ou vai procrastinar para continuar indefinidamente no cargo?

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT