Terça-feira, 23 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 20 de Abril de 2021, 08:46 - A | A

20 de Abril de 2021, 08h:46 - A | A

POLÍTICA / REI DAS FAKE NEWS

Secretário manda deputado estudar e trabalhar

Da Redação



Insatisfeito com o veto do governador Mauro Mendes (DEM) ao projeto de lei que proibia o corte de energia elétrica durante a pandemia, o deputado estadual Ulysses Moraes (PSL) recorreu às redes sociais se valendo do mais novo sucesso que está bombando na Tik Tok e Instagram: a dancinha do Carpinteiro. Ele se valeu da dança que é sucesso no aplicativo de edição de vídeos engraçados, inseriu foto de Mauro Mendes nos rostos dos dançarinos e criticou o Governo do Estado enquanto exibia imagem de uma equipe de energia em ação como se estivesse cortando a luz de alguma residência.

A resposta veio do chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, pessoa de extrema confiança do governador. Ele disse que o deputado Ulysses adora holofotes e demonstra não ter qualquer conhecimento sobre leis federais e por isso precisa estudar mais.

“Realmente o deputado Ulysses está ficando famoso. Está até namorando uma cantora sertaneja. Ele procura sempre os holofotes, ele gosta dos holofotes, da mídia, procurou até namorar uma pessoa muito famosa no mundo artístico. O deputado deveria ler mais, estudar, mais, ao invés de ficar perdendo tempo em viagens, em festas, em participar de lives. Ele devia estudar, ele é tão novo”, disparou Carvalho.

Em seguida explicou que é a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que regulamenta o setor e energia no País como um todo e regulamentou com relação aos cortes de energia.

“Isso é legislação do governo federal, não cabe ao Governo do Estado isso. O governador vetou por vício de inconstitucionalidade, é inconstitucional esta lei, ela regimentada pela Aneel, pelo Governo Federal. É isso que ela está fazendo. Maldosamente, o deputado que gosta de holofotes vem mais uma vez numa provocação baixa. Estude deputado, estude. O senhor é novo, tem muito tempo pela frente ainda e com certeza vai entender um pouco melhor da legislação federal e da estadual também”, rebateu o secretário.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT