Terça-feira, 23 de Julho de 2024

CIDADES Quarta-feira, 09 de Junho de 2021, 21:55 - A | A

09 de Junho de 2021, 21h:55 - A | A

CIDADES / CAMPO NOVO

Agente de Saúde morre de covid-19 e familiares pedem ajuda para pagar caixão

O corpo de dona Cleci Behne permanece no necrotério de um hospital de Cuiabá

Edésio Adorno
Tangará da Serra



O efeito trágico da covid-19 afeta a todos indistintamente, mas reserva um lado ainda mais perverso para as familias de baixa renda. Privadas de buscar assistência em hospitais particulares, muitos acabam morrendo na fila de espera por uma UTI - não raro, fora de seu domicilio. Cleci Behne é o exemplo desta triste e impactante realidade.

Moradora de Campo Novo do Parecis, onde por muitos anos atuou zelosamente como Agente de Saúde, Behne não resistiu as complicações da doença e acabou perdendo a vida. Ela deixou 3 filhos, sendo dois menores de idadcuidava com muito afeto de mãe, que infelizmente se encontra internada em estado grave num leito de UTI de Cuiabá, onde luta contra a covid-19.

Familiares e amigos de Cleci Behne estão empenhando em arrecadar dinheiro para pagar um caixão para sepultá-la com dignidade e amor cristão. Segundo informam, a Secretaria de Assistência Social de Campo Novo já teria fornecido ajuda dentro de suas possibilidades e limitações.

"Porém, para o caixão, a família dela não possui condições financeiras para efetuar o pagamento. Quem puder contribuir financeiramente com qualquer valor já será bem vindo, pois o hospital de Cuiabá já está pressionando os familiares para liberar o corpo", anotaram em comunicado compartilhado nas redes sociais.

Se você puder ajudar oferecer um sepultamento digno a dona Cleci Behne, por gentileza faça o depósito pelo PIX CPF 006.193.171-32 em nome de Cristiane Galli Cardoso. A família enlutada e amigos agradecem a todos por mais esse ato de fé, caridade e solidariedade cristã. 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT