Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 11 de Novembro de 2020, 17:26 - A | A

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2020, 17h:26 - A | A

CAMPO NOVO DO PARECIS

Assessor de Rafael pressiona servidores para compartilhar vídeo de campanha; ouça áudio

Edésio Adorno
Tangará da Serra

Direito, de direita, bolsonarista e da nova política. É com esse discurso que o prefeito de Campo Novo do Parecis, Rafael Mchdo (PSL), se apresenta ao grande público e reivindica mais um mandato a frente da prefeitura. Na prática, se comporta como um capitãozinho do mato, sempre disposto a acionar o judiciário para silenciar a imprensa e intimidar quem ousa questionar sua gestão.

A estratégia de Rafael é rotular toda e qualquer noticia contrária aos seus interesse de Fake News.

Vamos, então, a mais recente presepada de seu principal e mais obediente colaborador. Ivan Carlos Terribele, que já foi coordenador de imprensa e secretário de Cultura e Turismo. Hbitudo a lidar com midias sociais, Ivan resolveu dar uma força para seu patrão.

O problema é que a força pode configurar grave crime de abuso de poder político e custar até a cassação da candidtura ou do eventual diploma de Rafael Machado, caso seja eleito prefeito.

Nossa reportagem teve acesso em absoluta primeira mão a um áudio, no qual Ivan mand aum duro recdo para um grupo de servidores da prefeitura. Ele exige que um vídeo seja comentado, compartilhado e que prentes sejam marcados.

 

"Como de costume, a gente consegue controlar por aqui (...). Então, estou enviando o link do vídeo, seria interessante que todos aqui do grupo compartilhassem comentassem esse vídeo, inclusive, quem tiver parentes e amigos que moram no Jardim das Palmeiras, marcar essa pesoa nos comentários. Ok? A gente vai passar o realatório de quem compartilhou e comentou. A gente vai atualizar de hora em hora, valeu?"

Claro que valeu, Ivan. Deve ter valido uma representação eleitoral, que pode ser coroada com a cassação do registro da candidatura de Rafael ou do diploma, caso seja eleito. 

O Ministério Público Eleitoral deve ouvir esse áudio e tomar as medidas que caso requer. O indicio quanto a pr[atica de abuso do poder político é forte.  

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT