Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 24 de Abril de 2020, 08:53 - A | A

24 de Abril de 2020, 08h:53 - A | A

POLÍTICA / USO POLÍTICO DA PF

Bolsonaro: demissão do chefe da PF é barreira sanitária para tentar impedir prisão de Carluxo

Com o filho Carluxo prestes a viver dias de clausura em algum presidio, o presidente Jair Bolsonaro demitiu o chefe da Polícia Federal e vai exigir que o novo diretor da instituição crie uma barreira sanitária para salvar a pele do “zero dois” e embaralh

Da Redação



Membros da Polícia Federal e do Ministério da Justiça, ouvidos pela Folha na condição de anonimato, afirmam que o movimento de Jair Bolsonaro que resultou no pedido de demissão feito por Sergio Moro (Justiça) tem como o pano de fundo a tentativa de o presidente controlar as ações e as investigações da corporação no país.  

Para pessoas próximas ao ministro, os alvos são variados, mas o foco está em apurações que podem resultar em problemas para a família presidencial e para sua rede de apoio. E na falta de ações contundentes contra adversários políticos. Como as que envolvem a disseminação de fake news por parte da rede de apoio bolsonarista. O presidente não tem acesso a informações do inquérito conduzido pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes e culpa por isso o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, homem de confiança de Moro.    

Nos bastidores da Polícia Federal, a saída de Valeixo é forma de proteger os filhos, principalmente o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).  

A CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das Fake News identificou, com a ajuda de policial federal cedido ao Congresso, a participação de assessor do parlamentar na disseminação de ataques nas redes contra políticos e judiciário.

​Esta semana, o deputado pediu ao STF para que a CPMI não tenha seus trabalhos prorrogados. O presidente tem falado ainda a aliados que quer colocar a PF para apurar supostos desvios relacionados à pandemia do novo coronavírus nos estados. As informações são da Folha de S Paulo.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT