Sábado, 13 de Julho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 04 de Março de 2021, 01:27 - A | A

04 de Março de 2021, 01h:27 - A | A

POLÍTICA / PÉSSIMO EXEMPLO

Câmara de Tangará da Serra ignora medidas de prevenção a covid-19 e realiza sessão aglomeração

Edésio Adorno
Tangará da Serra



Na segunda-feira, 01 de março, o Governo de MT anunciou novas medidas restritivas que visam frear o contágio da covid-19 no estado, a exemplo de restrição de horários para atividades econômicas e toque de recolher após às 21h.  

Menos de 24 horas depois, o legislativo de Tangará da Serra, por iniciativa do vereador Edmilson Porfírio (PODE), com a aquiescência da Mesa Diretora e demais vereadores, protagonizou uma cena de menoscabo as normas de vigilância sanitária da prefeitura e ao decreto estadual que estabeleceu medidas mais rigorosas de prevenção a propagação da covid-19.  

Sessão Câmara TGA.jpg

 

A sessão aglomeração foi realizada para distribuir a granel títulos de Moção de Aplausos a membros do setor da cultura de Tangará da Serra. Uma honraria de caráter politiqueiro e sem o menor cabimento em época de pandemia do coronavírus. Claro que o setor merece o respeito do poder público, mas não em forma de mera bajulação às expensas do minguado dinheiro do contribuinte.

Fraude intelectual

Para justificar o evento e manifestar seu apoio aos artistas e produtores culturais, o vereador Edmilson plagiou do site Brainly uma definição de cultura, segundo consta em um release divulgado pela assessoria de comunicação do legislativo no próprio site da instituição.  (AQUI)

Diz o vereador Porfírio, por meio de plágio:

O papel do artista é falar pela sociedade. A arte é uma linguagem que se comunica de diversas formas, seja através do corpo ou de pinturas. O artista utiliza suas obras para denunciar, encantar, abrir caminhos para novos pensamentos, e manifestamos nosso reconhecimento a essa classe que presta relevantes serviços a nossa comunidade”.

Saúde em risco

Comprimida entre o amontoado de vereadores e homenageados, estava a vereador Dona Neide (PSDB), que tem 69 anos de idade, faz parte do grupo de risco e possui comorbidade. Além dos parlamentares, dos 18 artistas homenageados, ainda estavam o servidores da casa e assessores parlamentares. Um deprimente espetáculo de negligência quanto a letalidade da covid-19.

Enquanto vereadores promovem sessão aglomeração, atropelam leis, decretos e medidas de prevenção ao avanço da covid-19, empresários do setor de alimentos, donos de bares, restaurantes, lanchonetes correm o risco de fechar seus estabelecimentos, demitir seus funcionários engrossar a fila  dos arruinados economica e financeiramente.

 

 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT