Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 22 de Julho de 2020, 09:31 - A | A

Quarta-feira, 22 de Julho de 2020, 09h:31 - A | A

Comerciante vive 94 anos lúcido e com saúde: "Só Covid para destruí-lo", diz filha

Keka Werneck
Rdnews

Após 94 anos de vida com saúde perfeita, lucidez e nenhuma internação, o comerciante, dono de Armazém em Acorizal, Adelito Moreira morreu de Covid-19 nesta terça (21) e foi sepultado no mesmo dia. 

"Só essa doença mesmo para destruí-lo", lamenta a filha dele, socióloga Olga Lustosa, que também é articulista do Rdnews. Na rede ela postou: "Maior amor do mundo, adeus meu amor". Ela está em Barra do Garças, para resolver burocracias funerárias. Adelito estava internado no Hospital Municipal. Na internação, Olga chegou a conversar com o pai, na UTI, através de uma enfermeira que fez uma ligação de vídeo. Na ocasião, Olga diz ter tentado passar otimismo ao pai, mas estava extremamente emocionada ao vê-lo naquele leito, sem acompanhante. A Covid, por ser extremamente contagiosa, não permite visita hospitalar. O tratamento é solitário.

Ela conta que Adelito era natural de Mambaí (GO) e veio pequeno para Ponte Branca, na divisa entre Mato Grosso e Goiás, com a mãe e o pai, que era garimpeiro e também pequeno comerciante. Depois, fez a vida em Acorizal, mas agora já idoso havia voltado para Ponte Branca, para ficar mais perto da família, por isso foi internado em Barra.

O pai é o segundo parente que Olga perde para Covid. Também morreu o tio dela, Sandoval Nogueira de Moraes, 82, uma parte da família que é da política. Ele se internou na UTI para tratar uma crise depressiva profunda e lá se contaminou.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT