Terça-feira, 18 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2022, 10:54 - A | A

29 de Dezembro de 2022, 10h:54 - A | A

POLÍTICA / COMPROMISSO COM A SAÚDE

Gestão Mendes investiu R$ 82,2 milhões na modernização de oito hospitais de MT

Processo de modernização da infraestrutura existente na Saúde ocorre desde 2019

Da Redação



Além de construir seis novos hospitais para suprir os vazios assistenciais existentes em Mato Grosso, o Governo, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), trabalha na constante modernização dos oito hospitais geridos pelo Estado. O processo de modernização da infraestrutura existente ocorre desde 2019 e já foram investidos R$ 82,2 milhões.

“As equipes da SES trabalham muito para proporcionar melhorias na infraestrutura dos hospitais que são geridos pela pasta. Estamos modernizando todas as nossas unidades. Queremos ofertar o melhor serviço para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse a secretária de Estado de Saúde, Kelluby de Oliveira.

Com cerca de R$ 40 milhões em investimentos na infraestrutura e equipamentos, o Hospital Metropolitano, localizado em Várzea Grande, passou por completa reforma e ampliação de sua capacidade. A unidade é referência no atendimento da Covid-19 e foi ampliada de forma definitiva no tempo record de 45 dias. A unidade também recebeu seis novas ambulâncias.

hospital.jpg

 

A Santa Casa, requerida administrativamente pelo Estado em 2019, foi modernizada e deu espaço para o novo Hospital Estadual Santa Casa. Na estrutura de mais de 200 anos, foram investidos cerca de R$ 3 milhões e realizados reparos e adequações em enfermarias, ambulatórios, no setor administrativo, nas UTIs, na cozinha, no refeitório, na recepção, no pronto atendimento infantil, no centro cirúrgico e no setor da oncologia.

Ainda foram investidos cerca de R$ 15 milhões na modernização e ampliação do Hospital Regional de Sorriso. A unidade ampliou 20 leitos clínicos e 10 leitos de UTI Covid-19, na medida em que também modernizou o Pronto Atendimento, a recepção, parte das UTIs, a cozinha e o refeitório.

O Hospital Regional de Colíder também recebeu investimentos na ordem de R$ 10 milhões para a ampliação de 20 leitos clínicos e 10 leitos de UTI Covid-19. A unidade segue em modernização das demais alas.

hospital 1.jpg

 

 

Já o Hospital Regional de Rondonópolis passa pela terceira etapa de modernização, em que são reformadas as enfermarias, a administração e cozinha. Já foram modernizados a recepção, os ambulatórios, o Pronto Atendimento, a fachada e a UTI do hospital. O investimento feito na unidade é de mais de R$ 5 milhões.

O Hospital Regional de Cáceres recebeu investimentos de mais de R$ 5 milhões. Na unidade, foram ampliados 20 leitos clínicos e 10 leitos de UTI Covid-19. Ainda estão sendo reformadas a fachada, cobertura e cozinha da unidade.

hospital 2.jpg

 

Com investimentos de mais de R$ 3,5 milhões, o Hospital Regional de Sinop já passou pela modernização das UTIs, do pronto atendimento, do centro cirúrgico e da fachada. As obras seguem avançando na unidade.  

O prédio do Hospital Regional de Alta Floresta passou por readequações pontuais e readequações para melhor atender os pacientes. Além disso, no município, está sendo construído um novo e moderno Hospital Regional, com investido total de R$ 112 milhões.

Seis novos hospitais

O Governo do Estado também investe mais de R$ 800 milhões na construção de seis novos hospitais em Mato Grosso. As novas unidades são construídas em Cuiabá, Alta Floresta, Confresa, Juína e Tangará da Serra.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT