Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 19 de Julho de 2020, 06:00 - A | A

Domingo, 19 de Julho de 2020, 06h:00 - A | A

Vidas ceifadas pela covid-19

Médico e radialista não resistem ao coronavírus e morrem em Cuiabá

Da Redação

O novo coronavírus segue fazendo vítimas em Mato Grosso. Na noite de ontem (sábado/18), o médico Walter Tapias Tetilla, 68, e o radialista Odílio Martins, 53, morreram na noite deste sábado vítimas do novo coronavírus.

Walter Tapias Tetilla atuava no Hospital Ortopédico, em Cuiabá. Ele estava internado no Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, desde a última semana. Por conta da gravidade do caso, chegou a ser transferido para a Clínica Femina.

Porém, não acabou resistindo. Ele pertencia ao grupo de risco por conta da idade e também seria diabético e hipertenso.

Já o radialista Odílio Martins estava internado no Hospital Santa Rosa. Ele teria sentido os primeiros sintomas no início do mês. Desde o dia 9, estava internado na UTI e seu quadro acabou se agravando neste sábado.

 

Odílio trabalhava nas rádios do Grupo Gazeta de Comunicação, entre elas a Gazeta FM e a Vila Real.

"Odílio foi um brilhante operador de áudio e técnico de externa, mas, acima de tudo, um grande amigo de todos", diz uma postagem da TV Vila Real, também pertencente ao Grupo Gazeta.

De acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Saúde neste sábado, Mato Grosso já contabiliza mais de 32,7 mil casos do novo coronavírus e 1.312 óbitos.

A taxa de ocupação de UTIs é de 93% e existem mais de 16 mil curados da doença.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT