Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 07 de Maio de 2021, 19:25 - A | A

07 de Maio de 2021, 19h:25 - A | A

POLÍTICA / DURANTE GESTÃO CANARINHO

MPE abre investigação contra Romildo, Karen e Caio Portilho por suspeita de rachadinha na saúde de Aripuanã

Edésio Adorno
Tangará da Serra



O Ministério Público Estadual, por meio do Promotor de Justiça Fernando de Almeida Bosso, investiga um possível esquema de rachadinha na secretaria de Saúde de Aripuanã, durante a desastrada e tristemente famosa gestão do ex-prefeito Jonas Canarinho, que teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores.

O esquema, segundo informações do MPMT, teria sido estruturado pelo ex-secretário municipal de saúde, Romildo de Paiva, que teria atestado todos os plantões (fakes) realizados pela farmacêutica Karen Andressa dos Santos Caravente, servidora da cidade.

Ainda de acordo com o promotor de Justiça, o objetivo da tramoia seria repassar parte dos valores recebidos pela farmacêutica ao ex-diretor do hospital municipal de Aripuanã, Caio Henrique Portilho, “em vista da impossibilidade de recebimento de horas extras” por ele.

“De acordo com o narrado, em vista da impossibilidade de recebimento de horas extras pelo diretor do Hospital Municipal da época (Sr. Caio Henrique Portilho), teria sido determinado pelo então Secretário Municipal de Saúde (Sr. Romildo de Paiva) que fosse artificialmente contabilizado que todos os plantões tivessem sido realizados pela Sra. Karen e, após, esta repassaria ‘por fora’ parte dos valores referentes às horas extras em favor do Sr. Caio”, diz trecho da portaria.

O Promotor de Justiça determinou que os investigados Romildo de Paiva e Caio Henrique Portilho expliquem o suposto caso de “rachadinha” na prefeitura em até 15 dias. Caso as irregularidades sejam confirmadas, o órgão ministerial pode propor uma ação de improbidade administrativa no Poder Judiciário.

Uma pergunta circula nos grupos de Whatsapp da cidade: "será que o então prefeito Jonas Canarinho, que se dizia um poço de honestidade, não sabia do que estava acontecendo debaixo de seu nariz?". Essa resposta apenas ele pode fornecer a população de Aripuanã. 

O outro lado - nossa reportagem não conseguiu fazer contato com os citados na matéria, caso tenham interesse em se manifestar, o espaço segue aberto.

Comente esta notícia

José Bernardo Meurer 18/05/2021

Mais uma né. Pois com a secretaria de agricultura teve o caso do escapamento bm caro. Triste e lamentável para nós aripuanenses

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT