Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 30 de Abril de 2020, 11:19 - A | A

Quinta-feira, 30 de Abril de 2020, 11h:19 - A | A

Pinóquio da Floresta

NA RÁDIO, JONAS REPETE MENTIRA: Erotides não suspendeu CPI

Em uma entrevista de 10 minutos a uma emissora de rádio, o prefeito Jonas Canarinho voltou a fazer o que sabe: mentir. Em sua fala, como já é de costume, se diz inocente, falou que sofre perseguição dos vereadores, que não cometeu nenhum crime e que a comissão processante teve seus trabalhos suspensos por determinação da desembargadora do Tribunal de Justiça do estado, Maria Erotides Knep, o que não é verdade. A magistrada sequer apreciou esse pedido de Jonas. Ela escreveu que esse pleito deveria ser formulado ao juizo de primeiro grau, sob pena de supressão de instância.

Assim o fez o prefeito. Ele impetrou um novo Mandado de Segurança implorando pela suspensão dos trabaçhos da CPI, inclusive tentou se beneficiar politicamente da pandemia do coronavírus. Ao apreciar o pedido e perceber que se tratava de repristinação (fatos requentados), o juiz Fábio Petengill indeferiu a liminar, manteve a situação juridica inalterada e ainda reconheceu a soberania do legislativo. Inconformado e sem ter mais opção de recurso, Jonas investe pesado na mistificação e na mentira escancarada. Repita-se: o TJMT não suspendeu o funcionamento da CPI coisa nenhuma.

Estranho é que o entrevistador não tenha lido a decisão da desembargadora Maria Erotides Kanep (TJMT) ou se leu não soube interpretar. Assim fica dificil informar a população sobre a verdade dos fatos. Durante o que deveria ser uma entrevista, Jonas fez um discurso, contou lorota, mentiu a ufa e em momento algum foi contraditado. Volto ao assunto.

Ouça o discurso que Jonas fez nos microfones de uma emorra de Rádio de Aripuanã: 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT