Domingo, 16 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020, 00:40 - A | A

Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020, 00h:40 - A | A

Amauri Blanco

Questiona reclamação de idosa sobre qualidade de água e acusa Verta de ludibriar população

EDÉSIO ADORNO

O comentarista de Whatsapp, Amauri Blanco, não sabe se passa vergonha no débito, no crédito ou se manda anotar na cadernetinha. A mais recente invertida de Blanco foi contra a dona Simone, uma mulher de idade avançada, que reside no bairro Jardim Europa e chamou em sua residência o vereador Wilson Verta (PSDB) para reclamar da qualidade da água que chega em sua torneira.  

Depois de assistir o vídeo, Blanco lançou uma pergunta capciosa na página do site no Facebook com o propósito de desmoralizar a senhora Simone. “Alguém viu a senhora ligar a torneira e água suja ser recolhida no recipiente (sic)”.  

Em seguida, Blanco acusou Verta de pretender ludibriar a população. “Agora vamos ser realista e falar a verdade. Esse vereador que ja jogou água tratada na rua que tem o seus poluentes após o uso além de danificar a camada asfáltica comentando irregularidades, agora vem com essa conversa; é querer lubridiar a população”.  

Não satisfeito em afrontar uma senhora e detonar o vereador que cumpre sua obrigação de fiscalizar a qualidade dos serviços públicos prestados à população, Amauri Blanco disparou sua matraca contra o escrevinhador do site.  

Escreveu o analista de Bagé. Aliás, de Whatsapp:  

“Quem já escreve a matéria não tem muita credibilidade”, observou Blanco e emendou: “agora o vereador que vive com acusações escusas e quis denegrir o presidente Quintão mas como sempre com falta de responsabilidade e credibilidade”.  

No arremate de sua análise, Blanco pediu que o vereador Wilson Verta e o repórter do site respeitem a população, que não é idiota.  

Respeito que ele não teve para com uma senhora que simplesmente reclamou da coloração de barro da água que chega em sua residência. Uma bronca, que por sinal, não é apenas de dona Simone.  

Em diversos bairros da cidade a água que chega nas torneiras é turva e com cheiro acentuado, imprópria para o consumo humano. O Samae precisa tomar uma atitude.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT