Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 02 de Agosto de 2020, 22:05 - A | A

Domingo, 02 de Agosto de 2020, 22h:05 - A | A

CAMPO NOVO DO PARECIS

Sem médicos no Hospital Municipal, ex-prefeito Mauro Berft está sendo transferido para Tangará da Serra

EDÉSIO ADORNO
Tangará da Serra

O ex-prefeito de Campo Novo do Parecis, Mauro Valter Berft, está sendo removido, nesse momento, para o Hospital Santa Angela de Tangará da Serra. O político deu entrada na noite de ontem (sábado) no hospital municipal daquela cidade, onde permaneceu por um período, mas devido à falta de assistência, resolveu retornar para casa.  

Neste domingo, Berft voltou a sentir falta de ar, além de outros sintomas, e retornou ao hospital, sendo atendido por uma funcionária da unidade de saúde, que colocou um respirador nele.  

Depois de aproximadamente duas horas acamado, o ex-prefeito percebeu que o respirador estava desligado. Ao reclamar da situação, a funcionária do hospital pediu desculpas. Nenhum médico compareceu para avaliar o quadro de saúde de Mauro Berft.  

Preocupado com sua saúde, Berft foi embora para casa, vez que não estava recebendo o tratamento médico que necessitava, até porque não havia médico no hospital, segundo relatou uma fonte ao site. Duas horas depois do almoço, Mauro sofreu um infarto, foi resgatado pelo Samu e nesse momento está sendo transferido para o Hospital Santa Angela de Tangará da Serra.  

Boatos e informações falsas estão sendo disseminadas em Campo Novo do Parecis para eximir a gestão municipal da responsabilidade de oferecer atendimento de qualidade a todos os munícipes. Mauro não fugiu do hospital e nem faltou com o respeito para com servidores da unidade de saúde. Ele resolveu sair por conta própria para correr atrás de recursos médicos. Também não é verdade que Mauro tenha testado positivo para covid-19.

O teste rápido deu negativo. A contra prova deverá ser realizada e o resultado logo será do conhecimento de toda a população.  

O prefeito Mauro Valter Berft apresentou quadro de complicação de problemas coronarianos. O infarto que sofreu não tem relação com covid-19. O prefeito Rafael Machado precisa instaurar uma sindicância para investigar o fato de terem colocado um respirador desligado em Berft. Esse relapso ou negligência poderia ter custado a vida do cidadão, pai de família e ex-prefeito da cidade.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT