Terça-feira, 23 de Julho de 2024

VARIEDADES Sábado, 09 de Janeiro de 2021, 09:34 - A | A

09 de Janeiro de 2021, 09h:34 - A | A

VARIEDADES / INSENSIBILIDADE HUMANA

“Você está fodido”, diz médico a paciente com câncer de próstata

Rafael de Sousa
Repórter MT



Um paciente de Cuiabá, 59 anos, acusa o médico urologista Marcos Antônio Garcia de tratá-lo com total desprezo e de forma desrespeitosa, na última quinta-feira (07), no momento em que o comunicou que os exames atestaram um câncer de próstata.  

De acordo com o paciente, Marcos Antônio informou o resultado da biópsia dizendo: “Você está fodido”.    

A fala do médico causou indignação na família do paciente que já estava psicologicamente abalado com a notícia e pelo fato de ter perdido um familiar na segunda-feira (04) para covid-19.  

“Estou aqui pensando: como um médico pode comunicar o seu paciente que é portador de uma doença que mata milhões de pessoas no decorrer do tratamento sem contar que muitos pacientes já se entregam antes mesmo de iniciar o tratamento. Ou seja, apenas com a confirmação da doença a pessoa já fica debilitada e ainda mais sendo informado assim, por um 'profissional' que deveria ser preparado para lidar com uma questão tão delicada”, escreveu o genro do paciente em uma rede social.

Após a publicação, o médico confirmou pelas redes sociais ter atendido o homem.

“Muito espanto e perplexidade me causou a postagem. De fato eu, enquanto profissional de saúde, atendi um paciente cujo nome (resolvi omitir para preservar sua imagem, coisa que o autor da postagem não fez, pois, divulgou meus dados pessoais) o qual foi diagnosticado, infelizmente, com um câncer de próstata”.    

Marcos Antônio não negou ter mencionado a palavra citada pelo genro do paciente e afirma que “talvez eu tenha usado palavras um pouco mais duras ao comunicar sua condição, mas nunca o fiz com a intenção de ser ofensivo ou querendo desmerecer o paciente, ou sua condição de saúde. O fiz sim, como forma de alerta, por tratar-se de condições que requer cuidados sérios”.  

Em seguida ele pede desculpas pelo ocorrido.  

No entanto, a família acionou o Conselho Regional de Medicina (CRM-MT) para que tome as providências que o caso requer.  

O médico também será acionado judicialmente, pois, a família considera que esse tipo de comportamento causou danos psicológicos ao paciente, que já estava abalado apenas com a informação de que é portador da doença.   

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT