Terça-feira, 23 de Julho de 2024

BISTURI Sexta-feira, 07 de Maio de 2021, 23:46 - A | A

07 de Maio de 2021, 23h:46 - A | A

BISTURI / VANDER MASSON

Criticado por liberar; se fecha, seria linchado!



A hipocrisia reina triunfal nas redes sociais. Em tempos de medidas duras de combate a disseminação da covid-19, até o lumpesinato saiu em defesa da abertura total das atividades econômicas. Nada de decretos com restrições a livre iniciativa e ao direito de bater perna a qualquer hora do dia ou da noite.    

“Para enfrentar o vírus não é preciso cancelar CNPJ; se fechar tudo, vamos morrer de fome”, bradavam as carpideiras nos grupos de WhatsApp.  

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson, sempre foi relutante em restringir o funcionamento das atividades econômicas. Ele preferiu partir do pressuposto de que o povo consciente poderia conciliar trabalho com os cuidados sanitários de prevenção a covid-19.

Essa atitude do tucano agradou comerciantes e foi aplaudida pela sociedade.

Nessa semana, ao flexibilizar ainda mais as medidas de contenção a propagação da covid-19, figurinhas carimbadas do antigo governo colocaram a fuça caprina para fora e, pasmem, cobraram a edição de medidas mais draconianas para fazer frente ao avanço da pandemia. Pura cilada armada pelo inimigo que ensaia retorno a política.

Se o prefeito suspender o funcionamento de alguma atividade ou baixar algum decreto com medidas mais agressivas, ele corre o risco de ser linchado em praça pública justamente por essa turminha de hipócritas e fariseus.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT