Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2022, 10:11 - A | A

14 de Dezembro de 2022, 10h:11 - A | A

POLÍCIA / RESPOSTA RÁPIDA

Carga de pneus avaliada em R$ 150 mil é recuperada e três criminosos são presos

Os 225 pneus foram furtados de um depósito no bairro Jardim Marajoara e localizados em uma casa no Jardim Industriário, em Cuiabá

Da Redação



Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf) recuperaram, nesta terça-feira (13.12), uma carga de 225 pneus furtados de uma revendedora e prenderam três envolvidos no crime.

A carga de pneus, avaliada em R$ 150 mil, foi furtada na madrugada do último domingo, do depósito de uma empresa, no bairro Jardim Marajoara.

Conforme a investigação da Derf de Várzea Grande, os criminosos levaram cerca de quatro horas para executar o furto. Primeiro, eles quebraram a parede da empresa e invadiram o local. Em seguida, desativaram o sistema de monitoramento e fizeram o furto da carga de pneus usados em veículos de passeio, camionetes e caminhões.

Assim que tomou conhecimento do crime, as equipes da unidade especializada da Polícia Civil realizaram várias diligências e conseguiram localizar os três integrantes da associação criminosa e recuperou a carga, em um imóvel desocupado, no bairro Jardim Industriário, em Cuiabá.

Presos 

Um dos presos é G.S.R., de 33 anos, que executou a função de motorista. Ele foi detido conduzindo o caminhão-baú utilizado para o transporte dos pneus. No momento da prisão, o suspeito deu uma identidade falsa e também foi verificado que ele não possui CNH. Contra ele, os policiais checaram que havia um mandado de prisão em aberto, decretado pela justiça do Pará, onde responde por homicídio e ocultação de cadáver.

O outro preso em flagrante, H.MB.J., de 28 anos, executou a função de olheiro, dando cobertura aos comparsas nas imediações da empresa e monitorando o local para avisar caso a polícia aparecesse. Ele ficou próximo à revendedora de pneus das 02h30 até as quatro horas da madrugada dando cobertura à ação criminosa e disse que receberia R$ 3 mil pelo ‘trabalho’. O criminoso tem cinco passagens criminais por roubos e tráfico de drogas.

Já o terceiro preso, J.LR.L., de 24 anos, executou a função estratégica. Ele foi o primeiro a entrar na empresa, por um buraco que fizeram na parede, exatamente no local que dá acesso ao sistema de monitoramento. O autuado trabalha com instalação de sistema de segurança eletrônica e foi o responsável por desativar o monitoramento da empresa.

No momento da prisão, os policiais civis apreenderam com ele, maconha e cocaína e foi autuado também por tráfico de drogas.

Quando já estava na delegacia, o criminoso simulou que gostaria de avisar um familiar sobre sua prisão e disse que o contato estava em seu celular. No momento em que o policial lhe entregou o aparelho para verificar o contato, o suspeito jogou o celular ao chão e quebrou o aparelho, no intuito de destruir as provas, sendo autuado também por fraude processual.

A delegada Elaine Fernandes destacou o comprometimento e empenho das equipes de investigação que, em curto espaço de tempo, efetuou a prisão do trio criminoso e conseguiu recuperar a carga de pneus.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT