Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 16 de Agosto de 2020, 18:17 - A | A

16 de Agosto de 2020, 18h:17 - A | A

POLÍTICA / TANGARÁ DA SERRA

Águas do Sepotuba: empresa que vencer licitação do Samae terá até dezembro para entregar materiais

Da Redação



O Samae publicou, na última sexta-feira, o aviso de que realizará, no dia 27 de agosto, um pregação eletrônico (licitação) para aquisição de tubos e materiais hidráulicos em ferro fundido dúctil para uso na extensão da adutora de captação de água no Rio Sepotuba e adução até a ETA do Queima Pé. A empresa que ofertar o menor preço por item será declarada a vencedora do certame licitatório.  

De acordo com o edital, a vigência do contrato a ser firmado será de 12 (doze) meses, iniciando-se a partir da data da assinatura da avença, podendo, a critério das partes, ter sua duração prorrogada, conforme previsão no instrumento contratual ou no termo de referência.  

Na minuta do contrato consta que o prazo para a entrega dos materiais não deverá ser superior a 120 dias corridos, após o recebimento da Ordem de Fornecimento.   J

Justificativa do projeto

Como justificativa para aquisição dos materiais, o Samae reportou “a crise hídrica que atingiu o município de Tangará da Serra em 2016” e destacou que “ações de diversas vertentes vêm sendo realizadas para que o abastecimento público de água potável permaneça contínuo, garantindo a qualidade de vida a todos os munícipes”.  

A autarquia anotou ainda a elaboração de projeto para ampliação da capacidade de tratamento de água da ETA do Queima Pé, que deve saltar dos atuais 360 litros para 490 litros por segundo.

Renato Neri 2.jpeg

 

A obra de melhoria da ETA será custeada, em quase toda sua totalidade, com s recursos de emenda impositiva de bancada, da ordem de R$ 6.789.209,00, que foram articulados pelo vice Renato Gouveia. Quando no exercício interino do cargo de prefeito, Gouveia buscou o apoio do líder da bancada de Mato Grosso no Congresso, deputado federal Neri Gueller, que prontamente atendeu o pleito favoravel a população de Tangará da Serra. Na execução dessa obra, a contrapartida do município será de R$ 678.920,90.  

Ainda de acordo com a justificativa do projeto, o Samae planeja realizar a captação de 440 litros de água por segundo do Sepotuba e fazer sua adução por 14 quilômetros até a ETA Queima-Pé. O prefeito Junqueira estima que a captação de água do Sepotuba tenha um custo global de aproximadamente R$ 36.264.313,87.    

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT