Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 23 de Junho de 2020, 10:54 - A | A

23 de Junho de 2020, 10h:54 - A | A

POLÍTICA / Perdeu apoio

Bolsonaro deve recuar de apoio a policial militar Fernanda para a vaga de Selma Arruda no senado

Da Redação



O presidente Jair Bolsonaro se esforçou, mas a candidatura da tenente-coronel Rubia Fernanda para o senado, em incerta eleição suplementar, não decolou. Pesquisas internas indicam que a militar seria facilmente abatida até por candidatos de esquerda. Grudada no ex-federal Victório Galli, Fernanda não conseguiu unir as forças de direita e nem os bolsonaristas mais aguerridos ao seu projeto político.  

Bolsonaro que, segundo seus seguidores, seria um exímio estrategista, teria percebido que é hora de baixar o flape e soltar Fernanda ladeira abaixo. “Enfim, o presidente reconheceu que a tenente-coronel é inviável politicamente. Ela tem forte rejeição no circuito militar e não teve habilidade para conquistar o apoio dos movimentos de direita”, declarou um militante do bolsonarismo a reportagem.

Com o descarte de Rubia, Zé Medeiros (Pode) e o empresário Reinaldo Moraes (PSC) acirraram a disputa pelo apoio de Bolsonaro. Até Carlos Fávaero (PSD) sonha com as bençãos do capitão para tentar turbinar sua reeleição ao senado. 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT