Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 26 de Maio de 2021, 12:49 - A | A

26 de Maio de 2021, 12h:49 - A | A

POLÍTICA / MAYRA PINHEIRO

Capitã Cloroquina diz que havia um pênis na entrada da Fiocruz

Da Redação
Congresso em Foco



Em um áudio apresentado na CPI da Covid, nesta terça-feira (25), a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, criticou a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). De acordo com a médica, a Fundação estava mais preocupada em "trabalhar contra todas as políticas que são contrárias à pauta deles de minorias", algo que, na avaliação dela, precisava ser corrigido.

Para justificar, Mayra Pinheiro afirmou que “havia um pênis na porta da Fiocruz”.

Ela também alegou a presença de tapetes com a imagem do revolucionário marxista Che Guevara e placas de Marielle Vive, em alusão à presença de funcionários de esquerda.  

"A Fiocruz é um órgão ligado ao Ministério da Saúde trabalha contra todas as políticas que são contrárias à pauta deles de minorias. Tudo deles envolve LGBTI. Eles têm um pênis na porta da Fiocruz. Todos os tapetes das portas são a figura de Che Guevara. As salas são figurinhas do Lula Livre, da Marielle vive", declarou no áudio.  

Fala viralizou

A gravação da secretária viralizou nas redes sociais, gerando piadas, mas também críticas sobre a forma como o governo conduz as políticas públicas em saúde. A Fiocruz é protagonista nas ações de vacinação no Brasil, sendo responsável pela produção da vacina Oxford/AstraZeneca.

 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT