Segunda-feira, 24 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 11 de Agosto de 2020, 14:41 - A | A

11 de Agosto de 2020, 14h:41 - A | A

POLÍTICA / Vitima da pandemia

Dez dias após ter bebê, empresária morre com suspeita de Covid em Cuiabá

Marieli Santin teve gravidez de risco e após o parto desenvolveu tromboso pulmonar

Allan Mesquita
Folha Max



A empresária Marieli Lysakowski Santin, de 37 anos, morreu nesta segunda-feira (10), 10 dias após dar a luz em Cuiabá. A suspeita é de que ela tenha contraído o novo coronavírus.

Marieli foi internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Clínica Femina após sofrer complicações durante o parto, ocorrido há 10 dias. De acordo com amigos, ela enfrentava uma gravidez de risco, já que havia passado por uma cirurgia bariátrica. 

No último domingo (9), ela foi diagnosticada com trombose pulmonar e teve que ser intubada. A criança está bem e deve receber alta ainda esta semana. 

Marieli era natural do estado do Rio Grande do Sul, mas morava em Cuiabá há alguns anos. Na capital, ela cursou a faculdade de Comercio Exterior e Administração.

 

Era proprietária de uma loja no Shopping Popular de Cuiabá, onde comercializava cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte. “Não tenho palavras para descrever você amiga, não só agora após sua partida, eu pude dizer isso em vida, sua amizade muito importante. Você estava vivendo seu milagre, o mundo ganha uma vida e perde outra, seus medos, sua ansiedade para chegada do [filho]. Amo você até no céu, obrigada por tudo, você tem um espaço grande no meu coração. Meus sentimentos a toda sua família”, escreveu uma amiga. 

“Como dói. A dor mais forte que existe, é a dor da perca. Você se foi, e muitas saudades vai deixar. Te amo minha tia linda”, lamentou a sobrinha da vítima.  

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT