Sábado, 13 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 10 de Maio de 2021, 17:59 - A | A

10 de Maio de 2021, 17h:59 - A | A

POLÍTICA / SAÚDE TANGARÁ

Lobby contra hospital regional de Tangará da Serra patrocina campanha de ataque a Vander e ao Dr João

Edésio Adorno
Tangará da Serra



Um movimento sorrateiro, tramado por lobistas e potencializado por ventríloquos remunerados, articula despudoradamente contra a construção pelo governo Mauro Mendes, em parceria com a prefeitura, do Hospital Regional de Tangará da Serra.  

Esses personagens não se manifestam publicamente, mas a causa que eles defendem é bem conhecida. E estão dispostos a atacar, pelas beiradas, quem se opuser aos seus interesses políticos e econômicos.  

Na percepção dessa gente, prédio do Hospital Municipal deveria ser ampliado, adaptado e repassado a Secretaria de Estado de Saúde (SES) para implantar o Hospital Regional. Pela troca, o Governo de MT compraria o prédio da antiga Clínica da Criança e entregaria para a prefeitura instalar o Hospital Municipal.  

O prefeito Vander Masson não cedeu a pressão desse grupo e o deputado Dr João Matos se posicionou firme junto ao governador Mauro Mendes para manter o projeto de construção do Hospital Regional de Tangará da Serra.  

Atendendo, portanto, aos apelos de Vander e Dr João, a cidade vai ganhar um dos maiores hospitais públicos do estado, com 160 leitos, que será construído em uma área de 60 mil metros quadrados.  

O empreendimento será implantado próximo ao Cristo e sua construção seguirá um moderno e arrojado projeto arquitetônico. Será um cartão de visitas e a porta para centenas de empregos diretos e indiretos.    

Um hospital com 160 leitos, incluindo salas de UTI, deve gerar algo de 300 empregos diretos, entre médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, farmacêuticos, nutricionistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, maqueiros, motoristas, seguranças, cozinheiras e zeladoras.  

160 leitos ocupados com pacientes do estado é possível que no mínimo 160 acompanhantes dependam dos serviços ofertados pela cidade. O serviço ambulatorial, que compreende consultas, exames, agendamento de cirurgia e retorno, entre outros procedimentos, vai atrair um publico ainda para Tangará da Serra.  

Turismo de Saúde e Bem-Estar  

Um trecho de uma reportagem do Blog da Hotelaria ilustra o que pode representar para a economia de Tangará da Serra a construção do Hospital Regional.  

- Quando o assunto é turismo, a primeira coisa que vem à mente de muitas pessoas é viajar para conhecer novos lugares, visitar museus, relaxar em praias paradisíacas etc. Porém, existe outra modalidade de turismo que já atrai muitos turistas para o Brasil: o turismo de saúde e bem-estar -, informa o Blog da Hotelaria. -

- O turismo de saúde e bem-estar pode ser fonte de oportunidades de investimento para gerar lucros e alavancar a economia nacional. E, consequentemente, o seu estabelecimento -, acrescenta  

O Hospital Regional de Tangará da Serra vai gerar empregos desde o início da construção da obra e, depois de concluído, vai aquecer a economia local. Praticamente todos os setores serão beneficiados, de hotel, lanchonete, restaurante, transporte, postos de combustíveis, farmácias e o comércio em geral. O turista da saúde deixa dinheiro onde busca atendimento médico para si ou para um familiar.    

Tangará da Serra não pode perder essa oportunidade.  

O prefeito Vander Masson deve ser apoiado por defender um projeto de tamanha importância médica, social e econômica para o tangaraense. De igual forma, apenas esse mega empreendimento já atesta a importância do deputado Dr João Matos na Assembleia Legislativa.  

Quem detona Vander e Dr João é porque não se preocupa com a população da saúde, se pauta por interesses pessoais e loca seu cérebro para lobistas que patrocinam interesses de seus clientes.    

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT