Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 05 de Julho de 2021, 11:43 - A | A

05 de Julho de 2021, 11h:43 - A | A

POLÍTICA / DEPUTADO FALA PELOS COTOVELOS

Mauro Mendes desmente Medeiros e nega fazer oposição a Bolsonaro: “não é meu porta-voz”

Divergência pontual não significa oposição, diz Mendes

Da Redação



Tudo que o deputado Zé Medeiros (Pode) fala ou posta em suas redes sociais precisa ser checado, rechecado e novamente conferido. O parlamentar é um notório mentiroso digital, que faz da mentira um metodo de atuação política. Em mais uma de suas intermináveis mentiras, Medeiros declarou que o governador Mauro Mendes (DEM) teria feito a opção de ser oposicionista ao presidente Jair Bolsonaro. O próprio Mendes se manifestou publicamente para desautorizar Medeiros a falar em seu nome. "Não é meu porta-voz, não fala por mim", retrucou mendes.

Na matéria a seguir, do Folha Max, Mendes desanca Medeiros. 

Após o deputado federal José Medeiros (Podemos), vice-líder do governo na Câmara Federal, afirmar o governador Mauro Mendes (DEM) fez uma escolha errada quando decidiu ser oposição ao governo Bolsonaro, Mendes rebateu dizendo que Medeiros não é seu porta-voz. A declaração foi dada na última semana, durante uma conversa com a imprensa na entrega de títulos no bairro São João Del Rey, em Cuiabá.  

"O deputado Medeiros não pode falar por mim, ele não é meu porta voz. Aliás, eu não tenho porta-voz, muito menos ele. Eu falo por mim. Eu nunca disse em lugar nenhum que sou oposição ao presidente Bolsonaro, eu tenho respeito por ele, foi eleito pela maioria. Ele procura fazer o seu trabalho e eu procuro fazer o meu e ponto final. Então, essa história que eu sou oposição, que eu critico, é mentira do deputado”, declarou o governador.

Segundo Medeiros, Mauro teria embarcado numa onda de oposição acreditando que o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) estaria perdendo forças. Por isso, a Direita estaria se movimentando para que Mendes seja derrotado caso decida disputar a reeleição no próximo ano.  Ao ser questionado sobre a busca por poio do presidente caso seja candidato, Mendes avalia que o apoio da população mato-grossense é mais importante e ressalta que não está preocupado com a reeleição.

“Eu tenho que ter o apoio da população mato-grossense, que é aqui que votam. O presidente é importante? Claro que é. Porém, para gente ser reeleito em qualquer cargo seja como prefeito, governador ou presidente, a gente precisa ter apoio da maioria população. E eu não estou preocupado com a eleição do ano que vem, estou preocupado em trabalhar. Se eu vou ou não me candidatar no ano que vem, é uma decisão que vou tomar em 2022. Até lá meu foco é trabalhar”, explicou.  

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT