Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2021, 21:23 - A | A

10 de Fevereiro de 2021, 21h:23 - A | A

POLÍTICA / UM NEGÓCIO SUSPEITO

Pinheiro compra remédios contra a covid por R$ 10 mi de empresa de cidade do interior de MT

Lázaro Thor Borges
Gazeta Digital



  A Prefeitura de Cuiabá contratou por R$ 10 milhões uma empresa do setor farmacêutico com sede em Nova Santa Helena, município de 3 mil habitantes, para fornecer medicamentos no combate à pandemia de covid-19.

O contrato com a MD Comércio e Empreendimentos Farmacêuticos, firmado com dispensa de licitação, foi publicado na última quarta-feira (4) na Gazeta Municipal.  

MD Comércio e Empreendimentos Farmacêuticos é sediada na avenida Brasil, no centro do pequeno município mato-grossense. A empresa possui capital social de R$ 100 mil e pertence aos empresários Dyhones da Rocha Oliveira e Marcio de Almeida Oliveira.  

De acordo com a publicação na Gazeta Municipal, o contrato foi feito a partir de um processo de dispensa de licitação elaborado ainda em 2020. A vigência do contrato é de 180 dias contados a partir da data de assinatura.

Ao todo, a MD Comércio e Empreendimentos Farmacêuticos recebe R$ 10.031.016,00 se prestar a totalidade dos serviços previstos.  

Ainda de acordo com o extrato, o objeto do contrato é a aquisição emergencial de medicamentos e insumos para atender a rede da Secretaria Municipal de Saúde, na prevenção e combate do contágio pelo coronavírus.

A ideia, de acordo com o que apurou a reportagem, é que o contrato sirva para auxiliar pacientes internados em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).  

A base para as compras com dispensa de licitação vem do decreto 7.849 de 20 de março de 2020, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).  

A MD Comércio e Empreendimentos Farmacêuticos já recebeu da prefeitura de Cuiabá R$ 2.738.436,35 durante a pandemia em razão de serviços prestados.  

Outro lado

A reportagem do jornal A Gazeta solicitou à prefeitura e à empresa contratada mais informações sobre quais medicamentos seriam adquiridos. Por e-mail, Dyhones Oliveira, dono da MD Farmacêutica, informou que se encontra em viagem e que não poderia prestar esclarecimentos no momento. Já a Secretaria de Saúde não enviou posicionamento até o fechamento desta edição, às 21 horas.        

Comente esta notícia

Daniel 11/02/2021

Ao solicitar informações a qualquer órgão, ou gestor público sobre o destino e como gastou um determinado recurso público, e tem uma resposta dessa forma, aí já há uma percepção de como o gestor tem seu modus operandus. No caso desse , um peculatario clássico e conheçido em MT

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT