Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 17 de Novembro de 2020, 15:43 - A | A

Terça-feira, 17 de Novembro de 2020, 15h:43 - A | A

TANGARÁ SEM ÁGUA

Samae deve decretar racionamento no fornecimento de água ainda esta semana

Edésio Adorno
Tangará da Serra

Nossa reportagem voltou a Estação de Tratamento de Água do Queima Pé, na manhã desta terça-feira, para acompanhar o vereador Claudinho Frare (Republicanos) em uma visita ao local. Durante a fiscalização in loco, o parlamentar constatou que todas as represas do Samae estão com baixíssimo volume de água.

O prefeito Fábio Junqueira (MDB) disse, na semana passada, que a reserva de água existente em quatro represas particulares, localizadas acima da ETA do Queima Pé, seria o suficiente para abastecer a cidade durante esse período de prolongada estiagem.

 

   

Essas represas pertencem a fazendeiros da região, que mantém o acesso restrito apenas a pessoas autorizadas, o que dificulta checar a veracidade da informação divulgada pelo prefeito Fábio Martins Junqueira.

Nossa reportagem apurou que o Samae está tratando apenas 150 litros por segundo, o que seria insuficiente para abastecer toda a cidade. O diretor da autarquia municipal,  Marcel Andrade Berteges, mantem silêncio total sobre a real situação do abastecimento na cidade. Na manhã desta terça-feira, a movimentação foi intensa e muito estranha na sede do Samae.

É possível que ainda esta semana seja publicado um decreto para estabelecer racionamento no fornecimento de água a população. Vários bairros já enfrentam escassez de água e a situação tende a se agravar nos próximos dias, caso não chova em quantidade para melhorar o nível de água das represas.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT