Domingo, 16 de Junho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020, 18:54 - A | A

Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020, 18h:54 - A | A

TANGARÁ DA SERRA

Vander Masson pode trocar PSDB pelo DEM de Mendes e dos irmãos Campos para disputar prefeitura

EDÉSIO ADORNO
Tangará da Serra

O empresário Vander Masson pode trocar o PSDB pelo DEM para disputar a prefeitura de Tangará da Serra. O convite teria partido do governador Mauro Mendes e teria a benção dos irmãos Jayme e Júlio Campos.  

Reportagem do Diário da Serra, assinada pela jornalista Fabíola Tormes, destaca que o convite ao tucano foi formalizado pelo presidente regional do partido, Fábio Garcia e pelo deputado estadual Dilmar Dal Bosco.  

Sem alarde, Masson já teria se reunido algumas vezes com Mendes para discutir as eleições de outubro próximo e a possibilidade de migrar para o Democratas.  

O governador Mauro Mendes se esforça para atrair não apenas Vander Masson.

Focado nas eleições municipais, no pleito de 2022 e disposto a fortalecer a bancada governista na Assembleia, o chefe do Executivo trabalha para arrastar o deputado Wilson Santos para sua base de apoio no parlamento estadual.  

Os partidos que integram a aliança que garantiu a vitória de Mendes nas eleições de 2018 pretendem eleger o maior número possível de prefeitos e de vereadores nas cidades de médio e de grande porte.

Tangará da Serra, por ser o 5º maior colégio eleitoral do estado, está na lista de prioridades de Mendes e dos irmãos Campos.  

Na hipótese de Vander aceitar o convite de Mendes e trocar o PSDB pelo DEM, fica evidente que o presidente do Sindicato Rural, empresário Reck Junior (PSD), não deve participar do pleito. Ele seria o candidato natural do grupo que atualmente controla o poder político no estado.  

Sobre o convite, Vander afirmou ao Diário da Serra:

“Sinal de que estamos nos destacando na classe política, pois o partido do Governador não iria convidar um nome se não tivesse destaque. Nos sentimos honrados e valorizados”  

E concluiu:  

“Estamos avaliando para tomar uma decisão, se devo continuar no PSDB, mas o convite é muito bem-vindo. A princípio, devo continuar no PSDB, mas também não descartei (o convite)”.

O assédio de Mendes ao filho de Saturnino tem uma explicação: pesquisas internas revelam que Vander é até o franco favorito para o pleito de outubro próximo. 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT