Sábado, 22 de Junho de 2024

BISTURI Sexta-feira, 26 de Junho de 2020, 10:11 - A | A

26 de Junho de 2020, 10h:11 - A | A

BISTURI / Flavio Bolsonaro

Caso do filho do presidente coloca em xeque decisão do STF sobre foro especial



No passado, o então candidato ao senado Flávio Bolsonaro era radicalmente contra o foro especial. Eleito senador, seu passado de envolvimento com milicianos veio à tona, assim como sua participação no rumoroso caso da rachadinha de salário de servidores, alguns fantasmas, da Alerj.  

Esquema esse que era operado pelo amigo Fabrício Queiroz, que atualmente se encontra preso por ordem da justiça. As revelações da Polícia Civil e do MPE/RJ coloram o outrora paladino da moralidade em situação apuros.  

Preocupado com o avanço das investigações, ele buscou o velho foro especial como escudo e proteção. Foi atendido pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A decisão contraria a orientação jurisprudencial do STF.

Independente se a decisão será ou não mantida, o privilégio concedido ao senador filho de Bolsonaro já está sendo reivindicado por deputados estaduais e até por vereadores.  

“Ora, se o filho do presidente tem direito a foro especial de deputado estadual, quando já e senador, por uma questão de isonomia, esse direito, por uma questão de isonomia, logo será estendido a todos os detentores de mandatos eletivos, o que não deixa de ser um retrocesso na luta contra a corrupção”, observou um analista político.

Comente esta notícia

Eliane 26/06/2020

Absurdo isso. Retrocesso geral.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT