Sábado, 22 de Junho de 2024

COLUNISTAS Sexta-feira, 05 de Junho de 2020, 15:39 - A | A

05 de Junho de 2020, 15h:39 - A | A

COLUNISTAS / edesio adorno

Fake news e discurso de ódio contra Mauro Mendes



Quem ganha altos salários na administração pública, além de endinheirados em geral, no caso de contrair a doença da covid-19, devem buscar assistência médica nos hospitais particulares. Os leitos de UTI da rede pública de saúde devem ser ocupados única e exclusivamente por pacientes que dependem essencialmente do sistema SUS de saúde.  

Infelizmente, nem todos pensam assim.

Circula nas redes sociais, nesta sexta-feira, a falsa informação de que o governador Mauro Mendes (DEM), que diferente do presidente Jair Bolsonaro, gravou um vídeo para comunicar que havia sido testado positivo para a covid-19, teria viajado para São Paulo a fim de se tratar no famoso hospital Sírio Libanês. Essa fake news já foi desmentido pelo Gabinete de Comunicação do Governo.  

No rastro da fake news de que Mauro teria viajado para São Paulo, figurinhas carimbadas da oposição cobram que Mendes seja tratado na Santa Casa de Cuiabá ou no Metropolitano para provar a qualidade da saúde pública de Mato Grosso.  

Obviamente que se trata de ideia de jerico.

Se Mauro Mendes, deputados e outros servidores bem remunerados do Estado ocuparem espaço nos hospitais de referência no tratamento da covid-19, certamente que faltarão vaga para quem tem apenas o SUS como alternativa. Sem vaga nos hospitais, haverá mortes. É isso que querem?

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT