Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2022, 12:57 - A | A

19 de Dezembro de 2022, 12h:57 - A | A

POLÍCIA / EM FLAGRANTE

Funcionário que furtou empresa e traficante são presos pela Polícia Civil em Água Boa

Da Redação



Dois homens, entre eles o funcionário de uma empresa suspeito de furto qualificado e outro suspeito de receptação de produtos de origem ilícita e tráfico de drogas, foram presos em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (16.12), em ação realizada pela Delegacia de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá).

A ação resultou na recuperação de um notebook furtado da empresa, além de apreensão de drogas, apetrechos relacionados ao tráfico e outros objetos de origem ilícita.

O funcionário da empresa foi autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado pelo abuso de confiança e o segundo suspeito pelos crimes de tráfico de drogas e receptação, e também será investigado em inquérito policial pelo crime de estupro de vulnerável.

As investigações iniciaram após o gerente da empresa procurar a Delegacia de Água Boa comunicando que câmeras de segurança haviam flagrado um de seus funcionários subtraindo um notebook, assim como ele possivelmente o mesmo empregado seria responsável pela subtração de outros objetos da empresa.

Segundo as informações, o funcionário escondia os objetos que pretendia subtrair em sacos de lixo, que eram levados ao final do expediente. Diante da possível situação de flagrante, os policiais foram até a residência do funcionário, que interrogado, confessou o furto do microcomputador e indicou a pessoa para quem teria vendido o equipamento.

Em continuidade as diligências, a equipe de investigadores foi até a casa do suposto receptador, onde localizaram diversos objetos produtos de furto na cidade, como perfumes, relógios, joias e o notebook, além de evidências da atividade típica de tráfico, sendo apreendidas no local, porções de maconha, balança de precisão e dinheiro.

Na casa, estava uma adolescente de 13 anos, namorada do suspeito, que está grávida de sete meses.

O delegado de Água Boa, Matheus Soares Augusto, interrogou os dois conduzidos, sendo o funcionário da empresa autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado pelo abuso de confiança e o segundo suspeito pelos crimes de receptação e tráfico de drogas.

Também foi instaurado um inquérito policial para apurar crime de estupro de vulnerável relacionado a situação de gravidez da menor de 13 anos.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT