Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 11 de Junho de 2020, 18:02 - A | A

11 de Junho de 2020, 18h:02 - A | A

POLÍCIA / Execução

Pistoleiro acusado de matar prefeito é assassinado em MT

Da Redação
Folha Max



Um pistoleiro identificado como Claudinei José Gomes, 41 anos, morreu nesta quarta-feira (10) após ser atingido com um disparo de uma arma de fogo calibre 36 em Santo Antônio do Leverger (distante 33,4 km km de Cuiabá). Ele era acusado por envolvimento no assassinato de um ex-prefeito em Minas Gerais. 

De acordo com as informações, Claudinei morava Cuiabá, mas trabalhava na comunidade Agrovila das Palmeiras, onde foi baleado. Ele foi levado até um posto de pedágio da Rota do Oeste, na BR-364, que liga Cuiabá a Rondonópolis (à 243 km de da capital). A vítima recebeu os primeiros socorros no local, contudo, acabou não resistindo. 

Equipes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local para fazer os registros das informações preliminares, que servirão como base no inquérito que deve investigar a motivação da morte.  

De acordo com a Polícia Civil, a vítima chegou a ser presa em Jaciara no de 2015 pelo envolvimento na morte do ex-prefeito de São Sebastião do Maranhão (MG), Gildeci Gomes Sampaio (PTB). Outros dois também participaram do crime. 

Gildeci foi morto dentro de sua casa em 2009. Ele conversava sobre negócios da prefeitura com um amigo, quando um dos homens armados invadiu o local e atirou diversas vezes contra os dois. Ambos morreram na hora. 

Além das duas vítimas, apenas a mulher do prefeito estava na casa. Ela estaria no banheiro quando ouviu os tiros. Ao sair, encontrou o corpo do marido caído no chão da cozinha e o do vendedor sentado à mesa. 

A Polícia deve investigar se a morte de Claudinei tem alguma ligação com o crime. 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT