Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

POLÍCIA Domingo, 25 de Dezembro de 2022, 08:40 - A | A

Domingo, 25 de Dezembro de 2022, 08h:40 - A | A

TERRORISTA BOLSONARISTA

Polícia prende extremista de direita e evita tragédia de dimensão catastrófica em Brasilia

O bandido estava homiziado no acampamento de golpistas em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília

Da Redação
A Bronca Popular

Entre os acampados em frente ao Quartel General do Exéricito, em Brasília, existia um bandido de altíssima periculosidade. Trata-se do criminoso paraense George Washington De Oliveira Sousa, que confessou à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) integrar o odiento movimento bolsonarista. O diretor-geral da PCDF, Robson Cândido, declarou à imprensa que o extremista disse expontâneamente que pretendia explodir um caminhão bomba nas imediações do Aeroporto Internacional de Brasília para chamar atenção para o movimento a favor do presidente Jair Bolsonaro.

"Ele confessou que tinha intenção de cometer um crime no Aeroporto, com objetivo de chamar atenção para o movimento a favor do atual presidente Jair Bolsonaro, que eles estão empenhado no QG", disse o delegado e acrescentou: "Se esse material adentrasse o Aeroporto de Brasília, próximo a um avião com 200 pessoas, seria uma tragédia aqui dentro de Brasília, jamais vista, seria motivo de vários noticiários internacionais, mas nós conseguimos interceptar".

Ainda de acordo com Robson Cândido, o criminoso tem registro de Caçador, Atirador e Colecionador (CAC), mas ressaltou que George tem a licença, porém tudo que foi apreendido, está fora das normas. "Ele é CAC, porém tudo que encontramos está fora das normas. Sendo assim, ele será autuado por porte, posse ilegal de armas de fogo, munição e artefatos explosivos e por crime contra o Estado democrático de direito", explicou o diretor geral.

Com a prisão de George, as forças de segurança agora se mobilizam com empenho total na identificação de seus comparsas. A ameça terrorista em Brasília deve deflagrar uma mega operação de prisões nas próximas horas. Bandidos empacotados na bandeira do Brasil, que se disfarçam de cristãos e patriotas, para o cometimento de crimes não ficarão impunes. Todos serão capturados como ratos e levados a pedreira da juestiça.

"Não temos noção de quantas pessoas colaboraram com ele, mas as investigações vão se aprofundar. Nós respeitamos as manifestações, mas quando ela foge de princípios constitucionais e fere a liberdade do próximo, a PCDF vai agir, e agir com rigor", concluiu o diretor da PCDF, Robson Cândido. Um vídeo obtido pela reportagem do Correio detalha o arsenal encontrado na casa do suspeito de armar uma bomba próximo ao Aeroporto de Brasília. Ainda não há informações sobre a motivação do ataque. pic.twitter.com/6zrWVfRJAs

Com conteúdo do Correio Braziliense/Estado de Minas

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT