Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 09 de Fevereiro de 2020, 19:25 - A | A

09 de Fevereiro de 2020, 19h:25 - A | A

POLÍTICA / MORDOMIA

Câmara de Vereadores compra caminhonete de R$ 165 mil e esconde da população

EDÉSIO ADORNO
Tangará da Serra



A Câmara de Vereadores de Tangará da Serra comprou, no final do ano passado, da empresa Ravel Veículos, com sede em Goiânia, uma caminhonete Chevrolet S-10, zero quilometro, pelo valor de R$ 165 mil. A aquisição do utilitário se deu por meio de pregão na modalidade presencial.  

Um detalhe despertou a curiosidade de servidores da Câmara de Vereadores. A caminhonete de luxo teria sido emplacada no Estado de Goiás. Ao chegar em Tangará da Serra, recebeu as placas do Detran-MT. A razão da despesa para o contribuinte, aparentemente sem justificativa plausível, o site ainda não conseguiu levantar.  

A reportagem entrou em contato com vários vereadores. Todos alegaram desconhecimento da aquisição da caminhonete S-10. Um vereador, surpreso com a informação, revelou que sempre achou estranho aquela caminhonete “novinha” guardada no estacionamento da Câmara Municipal. “Esse carro está aí já faz um bom tempo e eu nem desconfiava que era da Câmara”, afirmou um parlamentar, sem oferecer mais detalhes.  

A aquisição da caminhonete de luxo teria sido adquirida sem o aval da Mesa Diretora. Sua compra teria se dado por determinação única e exclusiva do presidente da Câmara Municipal, vereador Ronaldo Quintão.  

Ainda que inexista nada de ilegal na aquisição da caminhonete de luxo, não deixa de ser um ato questionável do ponto de vista ético. A população enfrenta graves problemas na saúde e na infraestrutura urbana. Ruas se transmutaram em colossais e perigosas crateras. De caminhonete nova e potente, quem sabe o presidente Ronaldo e os demais vereadores possam circular pela cidade, visualizar os problemas e encurralar o prefeito Junqueira.            

 

Comente esta notícia

Joana Estevão Rampim 11/02/2020

Nossa comprar um veículo, independente do valor tudo bem, agora com dispensa de licitação, se é que não houve mesmo, conforme reportagem, é no mínimo estranho. Sociedade civil também pode e deve investigar. Fica a dica.

positivo
0
negativo
0

Sebastião pereira de Almeida 10/02/2020

Se tinha vereador que não sabia da compra isso mostra que os vereadores não fiscaliza a própria casa imagina então executivo.

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT