Sábado, 22 de Junho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020, 10:01 - A | A

26 de Outubro de 2020, 10h:01 - A | A

POLÍTICA / DENISE

Candidata a prefeita é suspeita de usar até filho menor de idade como laranja

Edésio Adorno
Tangará da Serra



Nas eleições de 2016, Pedro Tercy Barbosa, que tentou a reeleição, mas foi derrotado pela medica Eliane Lins da Silva, declarou à justiça eleitoral ser dono de um patrimônio de R$ 86.870,82. Tudo que Tercy afirmou possuir seria uma caminhonete Toyota Hilux CD 4X, ano 2015, avaliada em R$ 85 mil reais e R$ 1.870 reais em deposito bancário.

Diferente de Pedro Tercy, sua esposa Francisca Aparecida Barbosa, que o substituiu na corrida pela prefeitura de Denise, não pode reclamar da sorte. Sem receber herança, já que sua família é uma das mais humildes de Poconé, Chica conseguiu dar a volta por cima e acumular razoável patrimônio.  

Para não despertar comentários maldosos de ‘gente invejosa’ ou por acreditar que investir em Denise não seria vantajoso, Francisca adquiriu dois imóveis avaliados em R$ 500 mil reais em Tangará da Serra, sendo uma casa de alvenaria e um salão comercial com 200 metros quadrados de área construída.  

Rádio Canavial  

Um mistério acerca da propriedade da Rádio Canavial ronda Denise e desperta a curiosidade da população.  

Quem seria o dono da única emissora de rádio da cidade?  

CANAVIAL 3.JPG

 

Nossa reportagem descobriu que um dos sócios da emissora é um adolescente que completou 17 anos no último dia 24 de abril. O menino empresário tem o sobrenome Barros e Barbosa. Claro, é filho de Pedro Tercy e da candidata Chica.

A sócia administradora da Rádio Canavial é a senhora Ana Karolina Silva Barros, irmã de Francisca Barros, esposa de Tercy e candidata a prefeita de Denise.  

Isso não significa que a Canavial seja de propriedade de Chica e nem de Tercy. O filho do casal pode ser um “Ronaldinho dos negócios”, como diria Lula. Já a irmã de Chica seria uma parceira comercial do sobrinho com expertise para o mundo da comunicação e dos negócios.    

Se essa hipótese checada por alguma sondagem do MPE, restaria claro a ocultação de patrimônio em nome de parentes, laranjas e até de um filho menor de idade.  A origem de tudo isso também seria exposta a luz do sol. 

O outro lado - nossa retportagem não conseguiu fazer contato com os citados na matéria. Em havendo interesse em se manifestar, o espaço está aberto e será atualizado assim que houver algum posicionamneto dos interessados.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT