Sábado, 20 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 19 de Janeiro de 2021, 17:46 - A | A

19 de Janeiro de 2021, 17h:46 - A | A

POLÍTICA /

Com pai, mãe e irmãos em tratamento de covid-19, médico Eli Ambrósio foi o 1º tangaraense a ser vacinado

Edésio Adorno
Tangará da Serra



Servidor da rede pública municipal de saúde, o médico Eli Ambrósio do Nascimento, foi o 1º tangaraense a receber o imunizante contra a covid-19. Também recebeu a vacina a médica Gisele Sanches. O ato foi testemunhado pelo prefeito Vander Masson (PSDB), pela secretária de Saúde, Gicelly Zanatta e pelo diretor do Escritório Regional de Saúde, Juliano Belote.  

eli ambrosio.jpg

 

À imprensa, Ambrósio relatou o drama que enfrenta em sua família, falou da alegria de receber o imunizante e fez questão de pedir uma salva de palmas para seus colegas profissionais da saúde. “Fico feliz de poder representar toda minha categoria de profissionais, que não mediram esforços e foram corajosos em enfrentar para poder ajudar nossa população”, comemorou      

Declarou, com otimismo e crença na medicina de Tangará da Serra e de Mato Grosso, o credenciado médico Eli Ambrósio:

Feliz por receber algo tão esperado pela nossa população. Nós, que aí já há de ano estamos aí nesse enfrentamento, junto com todos nossos colegas profissionais, enfrentando as dificuldades de uma doença tão avassaladora, que entrou nos lares dos tangaraenses, como de todo o Brasil e do Mundo e trouxe e está trazendo tanto sofrimento.  

Fico feliz de poder representar toda minha categoria de profissionais, que não mediram esforços e foram corajosos em enfrentar para poder ajudar nossa população. E feliz por saber que essa campanha vai continuar progressivamente até que a gente possa vacinar o último brasileiro, até que ela chegue lá na extremidade de nossa nação.  

Entendendo que a vacina é mais um ganho, mais uma medida de controle  no enfrentamento dessa doença e que nós não devemos nos afrouxar, não devemos abrir mão do que aprendemos até agora, que é o distanciamento, a lavagem das mãos, o uso racional e adequado das medicações, com as orientações médicas, mantendo aí todas as orientações, que nós viemos aprendendo ao longo do desenvolvimento do atendimento a essa doença.  

medica sanches.jpg

 

Então, hoje, eu como tangaraense, estou feliz por ter recebido, mas, mais que tudo, por ter iniciado a vacinação em nosso município. (...) Então, me tomei de surpresa. Como é do conhecimento de todos, nesse momento estou com meu pai e minha mãe entubados numa UTI, um do lado do outro, com mais dois irmãos afetados pela mesma doença, passando um momento difícil, uma semana muito difícil, mas confiante que vamos ter resultados positivos, porque a medicina na nossa cidade e em nosso estado, ela é realizada com muito cuidado e profissionalismo, pedindo aí Deus que nos dê força para atravessar.

Deixe meus pais aos cuidados de outros profissionais e voltei para nosso município para cuidar dos pais de outras pessoas. Por isso, acredito que eu tenha sido escolhido por estar representando da forma mais dura e penosa da expressão dessa doença, nesse momento.

(...) Nós trabalhamos no atendimento ao paciente crítico, então a nossa exposição é maior. Mas eu deixo aqui uma salva de palmas a todos os nossos colegas médicos, enfermeiros, psicólogos, dentistas, motoristas, vigias, técnicos, auxiliares, que não mediram esforços, a gestão, a administração, que foi muito inteligente em nos conduzir, mesmo num momento tão difícil.

 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT