Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Sábado, 10 de Outubro de 2020, 11:42 - A | A

Sábado, 10 de Outubro de 2020, 11h:42 - A | A

VAI REGULARIZAR O ABASTECIMENTO

Diretor do Samae diz que tem água nos reservatórios graças a obra feita em 2016 por Wesley

Da Redação

O diretor do Samae, engenheiro Marcel Berteges, acaba de divulgar um comunicado a população para justificar a interrupção no fornecimento de água. Segundo ele, o problema ocorreu devido à falta de chuva, o que teria ocasionado “uma alta concentração de algas nos filtros da ETA QUEIMA PÉ, responsável por grande parte do abastecimento de Tangará”, diz um trecho da nota.  

No comunicado oficial, Marcel reconheceu a gestão de seu antecessor no comando da autarquia municipal.

“Temos água nos reservatórios do SAMAE graças a obra feita em 2016 (na verdade, em 2017) pelo ex-diretor Wesley Torres, caso contrário, estaríamos sem condições de abastecimento”. Wesley é candidato a prefeito e tem o apoio aberto de Fábio Junqueira. 

 

Marcel escreveu ainda:

"Lamentamos que pessoas utilizem da interrupção necessária, intransferível e pontual no serviço de abastecimento de água para tirar proveito da situação com fins eleitoreiros".

Ao valorizar a gestão de Lopes e afirmar que existe água nos reservatórios apenas que ele teria construindo uma obra de reservação em 2016, o diretor do Samae não estaria fazendo uso político da autarquia?     

Leia a nota do Samae:

Estamos enfrentando a estiagem mais severa da história de Tangará da Serra. São mais de 180 dias sem chuvas e, ainda assim, temos água nos reservatórios do SAMAE graças a obra feita em 2016 pelo ex-diretor Wesley Torres, caso contrário, estaríamos sem condições de abastecimento.

No entanto, a falta de chuva ocasionou uma alta concentração de algas nos filtros da ETA QUEIMA PÉ, responsável por grande parte do abastecimento de Tangará.

Por isso, foi necessário fazer a limpeza nos filtros como amplamente divulgada nas redes sociais. A limpeza e a troca dos filtros são demoradas e por isso tivemos a interrupção brusca no abastecimento em boa parte da cidade. São mais de 400 km de rede de abastecimento e, até que encha toda extensão e abasteça casa a casa, alguns pontos demoram mais para receber a água.

Porém, desde quinta-feira (08.10) às 22h30 nossos servidores estão empenhados nessa missão de restabelecer o serviço. Pedimos que a população seja compreensiva nesse momento.

Lamentamos que pessoas utilizem da interrupção necessária, intransferível e pontual no serviço de abastecimento de água para tirar proveito da situação com fins eleitoreiros. Marcel, atual diretor do Samae.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT