Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 19 de Maio de 2021, 15:42 - A | A

19 de Maio de 2021, 15h:42 - A | A

POLÍTICA / SINDICATO DOS CAMINHONEIROS

Edgar Laurini reivindica a Wener Santos retirada de quebra molas em rodovias para evitar assaltos

Da Redação



Um problema antigo volta a se repetir nas rodovias de Mato Grosso. Bandidos escolhem pontos com obstáculos naturais ou artificiais para abordar motoristas e roubar carros e caminhões, preferencialmente com cargas valiosas. O presidente do Sindicato dos Caminheiros de Tangará da Serra, Edgar Augusto Laurini, denuncia que ladrões estão se valendo de quebra molas ao longo das rodovias MT 343, MT 246 e MT 358 para cometer crimes.

O sindicalista cita o quebra molas existente em frente ao restautante Chapéu de Palha, próximo a comunidade de Bauxi. Praticamente toda noite acontece um assalta de caminhão carregado naquela localidade. Preocupado com a situação, o líder classista buscou ajuda do presidente do MT Par, Wener Santos.

sindicato caminheiros 1.jpeg

Wener Santos entrega ao secretário-adjunto da Sinfra, Huggo Waterson, reivindicação do sindicalista Laurini

- Durante visita a Tangará da Serra, na última semana, recebi do presidente do Sindicato dos Caminhoneiros do município, Edgar Augusto Laurini, um ofício solicitando a retirada de lombadas em trechos da MT 343, MT 246 e MT 358, em razão dos constantes assaltos a caminhoneiros.

É preciso garantir a segurança nestas vias que ligam a nossa capital Cuiabá a Tangará, cidade pólo do médio-norte. Por elas transitam milhares de mato-grossenses diariamente e amigos caminhoneiros de todos os Estados, transportando nossas riquezas.

Na manhã de hoje entreguei a solicitação pessoalmente ao secretário-adjunto da Sinfra, Huggo Waterson, responsável pela logística e concessões das nossas rodovias na certeza de que seremos atendidos -, resumiu Santos.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT