Terça-feira, 23 de Julho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 05 de Março de 2021, 22:26 - A | A

05 de Março de 2021, 22h:26 - A | A

POLÍTICA / ALERTA VERMELHO

Mauro Mendes ameaça fechar tudo se não houver responsabilidade de todos

Allan Mesquita
Folha Max



O governador Mauro Mendes (DEM) admitiu que pode ter que adotar medidas ainda mais drásticas para conter o avanço do novo coronavírus em Mato Grosso. As perspectivas para o mês de março são de aumento de casos e mortes pela Covid-19, bem como a superlotação das unidades de saúde por pessoas infectadas.  

“O Governo buscou um equilíbrio. Queremos dar um chacoalhão na população para que elas compreendam que o que está acontecendo em Mato Grosso é grave. É para alertar que o vírus só circula através do contato entre as pessoas e é necessário redobrar os cuidados das medidas não farmacológicas”, colocou o chefe do Executivo em entrevista à TV Centro América. Mauro Mendes destacou que outros Estados tomaram medidas ainda mais drásticas que as anunciadas aqui.  

“O fecha tudo traz consequências muito ruins para a vida das pessoas e para a economia. Estamos tentando fazer tudo que é possível para evitar tomar medidas ainda mais duras do que estas que tomamos na segunda-feira”, assinalou.  

Segundo o governador, o momento não é apenas dos governantes buscarem abrir leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), mas também da população dar sua “cota de sacrifício” para evitar a propagação do novo coronavírus.

“Todos têm que dar uma parcela de contribuição para que a gente possa salvar centenas, milhares de vidas. Todo mundo já sabe o que tem que fazer e agora é preciso fazer”, alertou o governador.  

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT