Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 04 de Junho de 2020, 15:38 - A | A

Quinta-feira, 04 de Junho de 2020, 15h:38 - A | A

Tangará da Serra

Mulher grava vídeo para pedir UTI para marido com covid-19 e acaba expondo drama familiar

EDÉSIO ADORNO
Tangará da Serra

Dorcilene Arcanjo fez uma live no Facebook, na manhã desta quarta-feira, para mostrar que seu esposo, identificado no vídeo apenas como seu João, estaria ‘bem de saúde’, apesar de testado positivo para covid-19. 

Na verdade, trata-se de um ilustre pioneiro de Tangará da Serra - João Barreto, idoso com mais de 70 anos -, que estaria convivendo com Dorcilene a menos de três anos, segundo apurou o site. 

Barreto estava internado em uma enfermaria do Hospital das Clinicas, conforme noticiado pela Bronca Popular, na noite de ontem (terça-feira).  

Tendo o quadro de saúde agravado, seu João precisou ser transferido para uma UTI de Cuiabá. Dorcilene fazia questão que seu esposo fosse levado para a UTI do Hospital Santa Rosa.

O médico Alessandro Zuquetto, que foi gravado sem saber, informou que no Santa Rosa não haveria disponibilidade de vaga na UTI. Ele sugeriu que o paciente fosse transferido para o Hospital Santa Rita, de Várzea Grande.  

Durante a live, Dorcilene reclamou de uma filha de seu esposo, a quem ela chamou de “Zé Ruela” e a acusou de ter feito fotos e enviados para um neto de seu João, que seria morador do Estado do Pará.

Aparentando dificuldade para falar, o idoso avisou que estava tudo bem.  

O drama de Dorcilene e o visível sofrimento de seu esposo desnudam uma realidade angustiante: a covid-19 avança célere e descontrolada. Infelizmente, a 5º maior cidade de Mato Grosso não tem leitos de UTI e os hospitais referência no tratamento da doença de Cuiabá logo estarão colapsados.

Assista o vídeo:

 

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT